Rigidez dos membros de acordo com o AISC 360-10 C2.3 (2)

Sugestões e truques

A partir da versão 5.06 do RFEM, é possível influenciar a rigidez dos elementos de acordo com um método adaptado à norma norte-americana ANSI / AISC 360‑10 para estruturas de aço. De acordo com este padrão, o fator de redução τ b deve ser considerado em todos os membros quando da determinação das forças internas, pois a resistência à flexão delas proporciona estabilidade ao modelo. Este fator depende da força axial em um membro: quanto maior a força axial, maior τ b também é.

τ b pode ser determinado iterativamente. Para isso, você deve especificar o método de design (LRFD ou ASD). Em seguida, o RFEM calcula o fator de acordo com a Equação (C2‑2a) ou (C2‑2b) em várias etapas até a convergência ser atingida.

Ligações

Contacto

Contacto da Dlubal

Tem alguma questão ou necessita de ajuda? Então entre em contacto com a nossa equipa de apoio técnico gratuita por e-mail, chat ou no fórum, ou então consulte as perguntas mais frequentes (FAQ).

+49 9673 9203 0

(falamos português)

info@dlubal.com

RFEM Programa principal
RFEM 5.xx

Programa principal

Software de engenharia estrutural para análises de elementos finitos (AEF) de estruturas planas e espaciais constituídas por lajes, paredes, vigas, sólidos e elementos de contacto

Preço de primeira licença
3.540,00 USD