Base de Dados de Conhecimento

Procurar





Porquê o software da Dlubal?

Soluções

  • Mais de 45 000 utilizadores em 95 países
  • Um pacote de programas para todas as áreas de aplicação
  • Aprendizagem curta e manuseamento intuitivo
  • Apoio técnico gratuito de engenheiros experientes
  • Excelente relação preço/qualidade
  • Concepção de software em módulos com possibilidade de adquirir extensões
  • Sistema de licenças por escalas com licenças individuais e em rede
  • Software com provas dadas em muitos projetos de referência

Newsletter

Receba regularmente informação sobre novidades, dicas úteis, eventos planeados, ofertas especiais e vales.

  1. Figura 01 - Sistema estrutural e dimensão da secção de acordo com [1]

    Modelação de uma viga mista semi-rígida de madeira como modelo de superfície

    Existem diversas opções para calcular uma viga mista semi-rígida. Estas diferem principalmente no tipo de modelação. Enquanto que o método Gamma assegura uma modelação simples, são necessários esforços adicionais quando utiliza outros métodos (por exemplo, analogia de corte) para a modelação que são, contudo, compensados por uma aplicação muito mais flexível quando comparada com o método Gamma.
  2. Figura 01 - Estrutura de camadas com rigidez e propriedades de resistência para os CLT 100 C5s da Stora Enso

    Análise de estabilidade de elementos de superfície exemplificado numa parede de madeira laminada cruzada - 2ª parte

    No seguinte artigo é efetuada a verificação pelo método da barra equivalente de acordo com [1] Capítulo 6.3.2, exemplificada numa parede em madeira laminada cruzada com risco de encurvadura descrita 1ª parte desta série de artigos. A verificação da encurvadura é realizada como verificação de tensões de compressão com resistência à compressão reduzida. Para este efeito, é determinado o coeficiente de encurvadura kc, o qual depende sobretudo da esbelteza do elemento e do tipo de apoio.

  3. Figura 01 - Parede de madeira laminada cruzada com aberturas sujeita a tensão de viga-parede

    Análise de estabilidade de elementos de superfície exemplificado numa parede de madeira laminada cruzada - 1ª parte

    De um forma geral, é possível dimensionar elementos em madeira laminada cruzada com o módulo adicional RF-LAMINATE. Como o dimensionamento é uma verificação pura de tensões elásticas, é necessário considerar adicionalmente questões de estabilidade (encurvadura por flexão e encurvadura por flexão-torção).

  4. Ligações de tração no RF-/JOINTS Timber - Steel to Timber

    Ligações de tração no RF-/JOINTS Timber - Steel to Timber

    Para ligações de tração com ligações de cobre-junta sujeitas a carregamento unilateral, as barras externas (madeira lateral) são carregadas por um momento de flexão adicional devido à distribuição de carga excêntrica. Contudo este facto não é mencionado na norma EN 1995-1-1, mas é considerado, por exemplo, no Anexo Nacional DIN EN 1995-1-1 através da redução da tensão de tração. Esta redução depende da resistência ao arrancamento dos fixadores.

  5. Figura 01 - Beam with Torsional Restraints Subjected to Uniform Load (Source: [3])

    Projeto de torção de vigas de lamelar

    Vigas laminadas coladas de longa extensão são geralmente suportadas por uma coluna de concreto armado com restrições de torção.

  6. Figura 01 - Dlubal RFEM 5 & RSTAB 8 - "Simplified" Vibration Analysis for EC 5 in RF-/TIMBER Pro
  7. Figura 01 - Dlubal RFEM 5 & RSTAB 8 - EExemplo da "Simplified" análise de vibração
  8. Figura 01 - Projeto de Entalhes e Reduções de Seção Transversal em Módulos Adicionais do TIMBER

    Projeto de Entalhes e Reduções Transversais em Módulos Adicionais de Madeira

    A partir da versão de programa X.06 dos módulos adicionais RF- / TIMBER Pro, RF- / TIMBER AWC e RF- / TIMBER CSA, é possível considerar cortes e reduções de seção transversal no projeto. O procedimento é o seguinte.

  9. Figura 01 - Effective Lengths for Lateral-Torsional Buckling in RF-/TIMBER Pro

    Comprimentos efetivos para a flambagem lateral-torcional

    Em RF‑ / TIMBER Pro , também é possível definir o comprimento efetivo para flambagem lateral-torcional. O comprimento efetivo da flambagem torcional lateral é então calculado de acordo com EN 1995‑1‑1, Tabela 6.1. Esta opção é útil especialmente para introdução de carga não uniforme.

  10. Figura 01 - Modeling Downstand Beam in Timber Structures 2: Shear Coupling

    A fim de representar corretamente a rigidez de toda a estrutura, é possível considerar o acoplamento de cisalhamento entre o teto e o feixe de encosto usando a liberação da linha. Mit dieser ist es möglich, eine Federkonstante zu definieren, und man erspart sich somit den Umweg eines Ersatzsystems mittels Kopplungsstäben. Die Federkonstante resultiert aus dem Verschiebungsmodul des Verbindungsmittels, welcher zum Beispiel nach EN 1995-1-1 oder auch ANSI/AWC NDS ermittelt werden kann.

1 - 10 de 13

Contacto

Contacto da Dlubal

Tem alguma questão ou necessita de ajuda? Então entre em contacto com a nossa equipa de apoio técnico gratuita por e-mail, chat ou no fórum, ou então consulte as perguntas mais frequentes (FAQ).

+49 9673 9203 0

(falamos português)

info@dlubal.com

Apoio ao cliente a toda hora

Base de dados de conhecimento

Para além do serviço de apoio técnico (p. ex. via chat), pode encontrar na nossa página de Internet material de apoio que pode ser útil para os seus trabalhos com o software Dlubal.

Primeiros passos

first-steps

Aqui damos-lhe algumas dicas e informações úteis que o ajudam a familiarizar-se mais rapidamente com os programas principais RFEM e RSTAB.

Software de alto rendimento e variável

“Acho que o software é tão poderoso e capaz, que as pessoas valorização verdadeiramente as suas capacidades após uma introdução apropriada.”