Perguntas mais frequentes (FAQs)

Procurar pergunta

Show Filter Hide Filter





Apoio ao cliente a toda hora

Base de dados de conhecimento

Para além do serviço de apoio técnico (p. ex. via chat), pode encontrar na nossa página de Internet material de apoio que pode ser útil para os seus trabalhos com o software Dlubal.

Newsletter

Receba regularmente informação sobre novidades, dicas úteis, eventos planeados, ofertas especiais e vales.

  • Resposta

    Além do edifício a ser analisado, o programa RWIND Simulation permite a inclusão de edifícios adjacentes no túnel de vento numérico. Para tal, o programa disponibiliza a função "Importar modelo do ficheiro" no menu "Inserir".

    Figura 01 - Importar modelo

    Esta função de importação permite importar os modelos do RFEM ou do RSTAB para o ambiente de fluxo de vento utilizando o formato * .vtp e os modelos de estereolitografia utilizando o formato * .stl. No túnel de vento numérico, os modelos importados são organizados separadamente, além do modelo principal. O navegador de projeto disponibiliza uma visão geral dos modelos importados que pode ser visualizada sob o braço "Modelo".



    Os modelos importados adicionalmente são implementados no ambiente de simulação de forma semelhante ao modelo principal e são considerados na análise geral. No final do cálculo, o programa devolve o fluxo de vento e as pressões de superfície resultantes no modelo principal e em todos os modelos adicionais importados.


    Atualmente, o formato *.vtp é utilizado apenas internamente para a troca de dados entre o RWIND Simulation e o RFEM ou o RSTAB. 

    Se não houver um formato *.stl disponível nos modelos adjacentes, pode criar um modelo *.stl correspondente utilizando a função de exportação do modelo no RWIND Simulation. Para o fazer, proceda da seguinte forma:

    1. Guarde o modelo a ser analisado com um novo nome.

    2. No modelo copiado relativo ao modelo de análise, crie o modelo adjacente pretendido utilizando elementos de barra, superfície e volume. 

    3. Elimine o modelo a ser analisado de modo que apenas o modelo adjacente permaneça no ambiente.

    4. Abra o menu da interface do RWIND Simulation "Simular e gerar cargas de vento".

    5. Defina o foco para a 1.ª linha no separador "Casos de carga" e empurre o modelo adjacente para o túnel de vento com a função "Abrir no RWIND Simulation".

    6. Clique com o botão direito do rato no modelo adjacente no RWIND Simulation e selecione a função "Exportar modelos selecionados".

    7. Confirme a exportação do modelo adjacente original selecionando "Sim" na consulta de verificação e guarde o modelo *.stl correspondente.

    Conforme descrito acima, este novo modelo adjacente *.stl pode ser adicionado ao cálculo do RWIND Simulation original através da importação do modelo como um modelo adicional por direção do vento com uma transformação de modelo afim do modelo principal.

  • Resposta

    Se a envolvente do edifício não é modelada, a carga de vento no RWIND Simulation apenas afeta as superfícies das barras. Não existem elementos para realizar a distribuição intermédia da pressão sobre as barras. Neste caso, a função "Fechar buracos" não é adequada para substituir as superfícies. Assim, não é possível uma transferência automática da carga de vento para o RSTAB ou para o RFEM.

    Contudo, pode modelar a envolvente do edifício no RFEM num modelo separado e analisá-lo no RWIND Simulation. A pressão do vento pode então, por exemplo, ser criada manualmente como carga com os geradores de carga. O procedimento é demonstrado no vídeo.

  • Resposta

    Com o gerador de cargas não é atualmente possível gerar cargas para edifícios abertos. Pode criar as cargas para um local fechado e depois preencher manualmente as cargas em falta.

    Para estruturas de cobertura de cobertura, existem diferentes suposições baseadas em normas que ainda não foram abrangidas pelo gerador de carga. Para aplicar a carga de vento a um teto autónomo, já está disponível na nossa página web um artigo técnico interessante.


    Também é possível gerar a carga de vento para qualquer geometria do edifício com o novo programa autónomo RWIND Simulation. Isto permite-lhe simulações de vento.
    e para gerar cargas de vento. Em conjunto com o software estrutural RFEM para o MEF ou o software estrutural RSTAB.

    Entrada de dados
    A importação direta de modelos do RFEM ou do RSTAB permite definir os parâmetros relevantes para as direções do vento analisadas com os perfis de vento dependentes da altura, com base na norma do vento. Isto resulta nos casos de carga correspondentes com outros parâmetros definidos globalmente.

    O RWIND Simulation também pode ser executado manualmente sem o RFEM ou o RSTAB. Por este motivo, os dados podem ser importados a partir de gráficos de vetores STL.

    A importação de terrenos e edifícios envolventes para a simulação também é possível a partir de ficheiros STL.

    Ao trocar dados entre o RFEM ou o RSTAB e o RWIND Simulation, pode utilizar facilmente os resultados da análise de vento como casos de carga no seu habitual ambiente de trabalho do RFEM ou do RSTAB.

    Funcionalidades do RWIND Simulation
    Análise 3D de fluxos de ar incompressíveis com os solucionadores OpenFoam
    Importação direta de modelos de ficheiros RFEM/RSTAB ou STL
    Alterações simples do modelo com o recurso de arrastar e largar e a ajuda de ajustes gráficos
    Correções automáticas da topologia do modelo com malhas shrink-wrapping
    Opção para adicionar objetos envolventes (edifícios, terreno, ...)
    Perfis de velocidade dependentes da altura de acordo com a norma
    Modelos de turbulência K-epsilon e K-omega
    Ajustamento automático das malhas à profundidade de detalhe selecionada
    Cálculo paralelo com aproveitamento otimizado das capacidades de desempenho de computadores com processadores multicore
    Resultados em poucos minutos para simulações de baixa resolução (até 1 milhão de células)
    Resultados em poucas horas para simulações com resolução média/alta (1–10 milhões de células)
    Representação gráfica dos resultados nos planos Clipper/Slicer (campos escalares e vetoriais)
    Representação gráfica de linhas de fluxo e animação de linhas de fluxo
  • Resposta

    Os geradores de carga criam uma forma de edifício retangular. Estão disponíveis as seguintes formas de cobertura para a geometria da cobertura:

    • Coberturas planas
    • Coberturas de uma água
    • Cobertura de duas águas

    No caso de diferentes formas de edifício ou cobertura, pode aplicar as cargas manualmente através da ferramenta "Gerar carga → Da carga de superfície em barras através de plano". O valor da carga deve ser determinado manualmente.

    Também é possível gerar a carga de vento para qualquer geometria do edifício com o novo programa autónomo RWIND Simulation. Isto permite-lhe simulações de vento.

    e para gerar cargas de vento. Em conjunto com o software estrutural RFEM para o MEF ou o software estrutural RSTAB.


    Entrada de dados
    A importação direta de modelos do RFEM ou do RSTAB permite definir os parâmetros relevantes para as direções do vento analisadas com os perfis de vento dependentes da altura, com base na norma do vento. Isto resulta nos casos de carga correspondentes com outros parâmetros definidos globalmente.

    O RWIND Simulation também pode ser executado manualmente sem o RFEM ou o RSTAB. Por este motivo, os dados podem ser importados a partir de gráficos de vetores STL.

    A importação de terrenos e edifícios envolventes para a simulação também é possível a partir de ficheiros STL.

    Ao trocar dados entre o RFEM ou o RSTAB e o RWIND Simulation, pode utilizar facilmente os resultados da análise de vento como casos de carga no seu habitual ambiente de trabalho do RFEM ou do RSTAB.

    Funcionalidades do RWIND Simulation
    Análise 3D de fluxos de ar incompressíveis com os solucionadores OpenFoam
    Importação direta de modelos de ficheiros RFEM/RSTAB ou STL
    Alterações simples do modelo com o recurso de arrastar e largar e a ajuda de ajustes gráficos
    Correções automáticas da topologia do modelo com malhas shrink-wrapping
    Opção para adicionar objetos envolventes (edifícios, terreno, ...)
    Perfis de velocidade dependentes da altura de acordo com a norma
    Modelos de turbulência K-epsilon e K-omega
    Ajustamento automático das malhas à profundidade de detalhe selecionada
    Cálculo paralelo com aproveitamento otimizado das capacidades de desempenho de computadores com processadores multicore
    Resultados em poucos minutos para simulações de baixa resolução (até 1 milhão de células)
    Resultados em poucas horas para simulações com resolução média/alta (1–10 milhões de células)
    Representação gráfica dos resultados nos planos Clipper/Slicer (campos escalares e vetoriais)
    Representação gráfica de linhas de fluxo assim como animações de linhas de fluxo

Contacto

Contacto da Dlubal

Encontrou a sua pergunta? Se não for o caso, entre em contacto connosco por e-mail, chat ou no fórum de discussão, ou então envie-nos a sua questão através do formulário online.

+49 9673 9203 0

(falamos português)

info@dlubal.com

Primeiros passos

first-steps

Aqui damos-lhe algumas dicas e informações úteis que o ajudam a familiarizar-se mais rapidamente com os programas principais RFEM e RSTAB.

Simulação de vento e geração de cargas de vento

O programa autónomo RWIND Simulation permite simular fluxos de vento em estruturas simples ou complexas através de um túnel de vento digital.

As cargas de vento geradas que atuam sobre esses objetos podem ser importadas para o RFEM ou o RSTAB.

O vosso apoio técnico é de longe o melhor

"“Obrigado pela informação valiosa.

Gostaria de elogiar a equipa de apoio ao cliente. Fico sempre surpreendido com a rapidez e o profissionalismo com que as questões são respondidas. Utilizei muito software com um contrato de apoio no domínio da análise estrutural, mas o seu apoio é de longe o melhor. "