Perguntas mais frequentes (FAQs)

Procurar pergunta

Show Filter Hide Filter





Apoio ao cliente a toda hora

Base de dados de conhecimento

Para além do serviço de apoio técnico (p. ex. via chat), pode encontrar na nossa página de Internet material de apoio que pode ser útil para os seus trabalhos com o software Dlubal.

Newsletter

Receba regularmente informação sobre novidades, dicas úteis, eventos planeados, ofertas especiais e vales.

  • Resposta

    Em geral, tem de prestar atenção ao seguinte:

    • As barras devem ter a mesma rotação de barra
    • A direção para a entrada de imperfeições está relacionada com os eixos locais ye z. Uma relação com os eixos principais uev também é possível no caso de eixos principais divergentes.
    • Também é possível influenciar a posição através de uma alteração de sinal para o valor da imperfeição.

    Portanto, ao definir imperfeições, geralmente é útil exibir os sistemas de eixos da barra local: selecione uma barra clicando com o botão direito e ative a exibição dos sistemas de eixos locais no menu de contexto.

  • Resposta

    De acordo com a EN 1993-1-1 e DIN 18800 Parte 2, é necessário especificar as imperfeições geométricas equivalentes para o cálculo de segunda ordem para determinar também as imperfeições geométricas e estruturais. Esta pré-deformação deve ser aplicada de forma afinada ao modo de encurvadura mais baixo ou de encurvadura por torção lateral.

    Portanto, no programa FE-LTB, o modo próprio pertencente ao menor valor próprio é calculado (análise preliminar do valor próprio) e depois escolhido como modo de deformação inicial. A abordagem de imperfeição é então realizada pelo usuário dimensionando o modo próprio.

    Assim, no RF-/FE-LTB, a pré-deformação é baseada no modo próprio. As imperfeições definidas no RFEM/RSTAB são irrelevantes e, portanto, não são adotadas.

Contacto

Encontrou a sua pergunta? Se não for o caso, entre em contacto connosco por e-mail, chat ou no fórum de discussão, ou então envie-nos a sua questão através do formulário online.

+49 9673 9203 0

(falamos português)

info@dlubal.com

Primeiros passos

first-steps

Aqui damos-lhe algumas dicas e informações úteis que o ajudam a familiarizar-se mais rapidamente com os programas principais RFEM e RSTAB.

Simulação de vento e geração de cargas de vento

O programa autónomo RWIND Simulation permite simular fluxos de vento em estruturas simples ou complexas através de um túnel de vento digital.

As cargas de vento geradas que atuam sobre esses objetos podem ser importadas para o RFEM ou o RSTAB.

O vosso apoio técnico é de longe o melhor

"Muito obrigado por toda a informação. 

Gostaria de elogiar a equipa de apoio ao cliente. Fico sempre surpreendido com a rapidez e o profissionalismo com que as questões são respondidas. Na área da análise de estruturas, utilizo vários softwares inclusive com contratos de assistência, mas o vosso apoio técnico é de longe o melhor."