Perguntas mais frequentes (FAQs)

Procurar pergunta

Show Filter Hide Filter





Apoio ao cliente a toda hora

Base de dados de conhecimento

Para além do serviço de apoio técnico (p. ex. via chat), pode encontrar na nossa página de Internet material de apoio que pode ser útil para os seus trabalhos com o software Dlubal.

Newsletter

Receba regularmente informação sobre novidades, dicas úteis, eventos planeados, ofertas especiais e vales.

  • Resposta

    A proporção de deformação de perfil só pode ser calculada para componentes de perfil I constantes, mas não para seções transversais cobiçadas e não-I.
  • Resposta

    A mola rotacional total é composta por várias molas rotacionais individuais, as quais são dadas em [1] como Equação 10.11.

    No caso de uma restrição de rotação não contínua devido a roldanas, o RF-/STEEL EC3 considera a restrição de rotação devido à rigidez de ligação CD, A , a restrição de rotação CD, C a partir da rigidez à flexão das roldanas aplicadas e , se ativado, também a restrição de rotação CD, B a partir de deformação da secção.

    Uma vez que a execução da ligação é desconhecida, o valor infinito é definido por defeito. A rigidez da mola é considerada como um valor recíproco 1/C, dando assim "infinitamente" o resultado de rigidez da mola = 0. Se conhece a rigidez da mola à rotação da ligação, pode especificar este valor manualmente.

    A rigidez à rotação CD, C da rigidez à flexão é determinada de acordo com a seguinte fórmula:

    ${\mathrm c}_{\mathrm D,\mathrm C}={\mathrm C}_{\mathrm D,\mathrm C}/\mathrm e\\{\mathrm C}_{\mathrm D,\mathrm C}=\frac{\mathrm k\cdot\mathrm E\cdot\mathrm I}{\mathrm s}\\$

    Onde,

    E é o módulo de elasticidade
    k é o coeficiente para a posição (vão interior, vão exterior)
    I é o momento de inércia IY
    s é a distância das vigas
    e é a distância dos purlins

    A restrição de rotação CD, B a partir da deformação da secção é determinada de acordo com a seguinte fórmula:

    ${\mathrm c}_{\mathrm D,\mathrm B}={\mathrm C}_{\mathrm D,\mathrm B}/\mathrm e\\{\mathrm C}_{\mathrm D,\mathrm B}=\sqrt{\mathrm E\cdot{\mathrm t}_{\mathrm w}^3\cdot\mathrm G\cdot{\mathrm I}_{\mathrm T,\mathrm G}/\left(\mathrm h-{\mathrm t}_{\mathrm f}\right)}\\{\mathrm I}_{\mathrm T,\mathrm S}=\left(\mathrm h-{\mathrm t}_{\mathrm f}\right)\cdot{\mathrm t}_{\mathrm w}^3/3\\{\mathrm I}_{\mathrm T,\mathrm G}=\left({\mathrm I}_{\mathrm T}-{\mathrm I}_{\mathrm T,\mathrm S}\right)/2$

    Onde,

    E é o módulo de elasticidade
    tw = espessura da alma da treliça ou componente suportado
    G é o módulo G
    h é a altura da treliça ou o componente apoiado
    tf = espessura do banzo da treliça
    b é a largura da treliça
    e é a distância dos purlins

    O exemplo em anexo inclui dois casos de dimensionamento.

    O caso 1 foi dimensionado sem considerar a deformação da secção. A rigidez total da mola à rotação é
    CD = CD, C = 4729 kNm/m

    O caso 2 foi realizado tendo em consideração a deformação da secção. A rigidez total da mola à rotação é
    CD = 72,02 kNm/m

    Mola única CD, B = 73,14 kNm/m
    Mola única CD, C = 4729 kNm/m

    Mola total:

    $\begin{array}{l}\frac1{{\mathrm C}_{\mathrm D}}=\frac1{{\mathrm C}_{\mathrm D,\mathrm B}}+\frac1{{\mathrm C}_{\mathrm D,\mathrm C}}\;=\;\frac1{73,14}+\frac1{4729}\\{\mathrm C}_{\mathrm D}\;=72,02\;\mathrm{kNm}/\mathrm m\end{array}$

Contacto

Contacto da Dlubal

Encontrou a sua pergunta? Se não for o caso, entre em contacto connosco por e-mail, chat ou no fórum de discussão, ou então envie-nos a sua questão através do formulário online.

+49 9673 9203 0

(falamos português)

info@dlubal.com

Primeiros passos

first-steps

Aqui damos-lhe algumas dicas e informações úteis que o ajudam a familiarizar-se mais rapidamente com os programas principais RFEM e RSTAB.

Simulação de vento e geração de cargas de vento

O programa autónomo RWIND Simulation permite simular fluxos de vento em estruturas simples ou complexas através de um túnel de vento digital.

As cargas de vento geradas que atuam sobre esses objetos podem ser importadas para o RFEM ou o RSTAB.

O vosso apoio técnico é de longe o melhor

"“Obrigado pela informação valiosa.

Gostaria de elogiar a equipa de apoio ao cliente. Fico sempre surpreendido com a rapidez e o profissionalismo com que as questões são respondidas. Utilizei muito software com um contrato de apoio no domínio da análise estrutural, mas o seu apoio é de longe o melhor. "