RF-/CONCRETE Columns | Características

Função de produto

  • Integração completa no RFEM/RSTAB com importação dos dados de geometria e de casos de carga
  • Seleção automática das barras a dimnensionar de acordo com critérios especificados (p. ex. só barras verticais)
  • Em conjunto com a extensão EC2 for RFEM/RSTAB é possóvel efetuar o dimensionamento de elementos de betão armado segundo o método da curvatura nominal segundo EN 1992-1-1:2004 (Eurocódigo 2) assim como o anexo nacional português e outros:
    •  NP EN 1992-1-1/NA:2010-02 (Portugal)
    •  UNE EN 1992-1-1/NA:2013 (Espanha)
    • Deutschland DIN EN 1992-1-1/NA/A1:2015-12 (Alemanha)
    •  NEN-EN 1992-1-1+C2:2011/NB:2016 (Holanda)
    •  CSN EN 1992-1-1/NA:2016-05 (República Checa)
    •  ÖNORM B 1992-1-1:2011-12 (Áustria)
    •  TKP EN 1992-1-1:2009 (Bielorrússia)
    •  NS-EN 1992-1 -1:2004-NA:2008 (Noruega)
    •  SIST EN 1992-1-1:2005/A101:2006 (Eslovénia)
    •  NF EN 1992-1-1/NA:2007-03 (França)
    •  STN EN 1992-1-1/NA:2008-06 (Eslováquia)
    •  SFS EN 1992-1-1/NA:2007-10 (Finlândia)
    •  NA to BS EN 1992-1-1:2004/NA:2005 (Reino Unido)
    •  SS EN 1992-1-1/NA:2008-06 (Singapura)
    • UNI EN 1992-1-1/NA:2007-07 (Itália)
    • SS EN 1992-1-1/NA:2008 (Suécia)
    •  PN EN 1992-1-1/NA:2010 (Polónia)
    • NBN EN 1992-1-1 ANB:2010 für Kaltbemessung, EN 1992-1-2 ANB:2010 für Heißbemessung (Bélgica)
    •  NA to CYS EN 1992-1-1:2004/NA:2009 (Chipre)
    • BDS EN 1992-1-1:2005/NA:2011 (Bulgária)
    • LST EN 1992-1-1:2005/NA:2011 (Lituânia)
    • SR EN 1992-1-1:2004/NA:2008 (Roménia)
    •  MS EN 1992-1-1:2010 (Malásia)
    • Lettland LVS EN 1992-1-1:2005/NA:2014 (Letónia)
    Além dos anexos nacionais mencionados acima, podem também ser criados anexos personalizados, com valores limite e parâmetros definidos pelo utilizador.
  • Consideração opcional de fluência
  • Determinação baseada em diagramas de comprimentos de encurvadura e esbeltezas das relações de restrição dos pilares
  • Determinação automática de excentricidade planeada e não-planeada pela teoria de 2ª ordem inclusive excentricidade existente
  • Dimensionamento de construções monolíticas e pré-fabricados
  • Análise em relação ao dimensionamento padrão de betão armado
  • Determinação dos esforços internos de acordo com análise estático-linear e análise de 2ª ordem
  • Análise dos cortes de dimensionamento determinantes ao longo do pilar devido à carga existente
  • Saída da armadura longitudinal e de cintas necessária
  • Verificação da proteção contra incêndio pelo método simplificado (método de zonas) segundo EN 1992-1-2. Assim, é possível a verificação da proteção contra incêndio de pilares só com uma extremidade apoiada.
  • Verificação da proteção contra incêndio com disposição opcional da armadura longitudinal pela DIN 4102-22:2004 ou DIN 4102-4:2004, Tabela 31
  • Projeção da armadura com representação gráfica em 3D para armadura longitudinal e de cintas
  • Resumo de todas as relações de dimensionamento com opção de acesso a todos os detalhes de dimensionamento
  • Representação gráfica de detalhes de dimensionamento importantes na janela de trabalho do RFEM/RSTAB

Contacto

Contacto da Dlubal

Tem alguma questão ou necessita de ajuda? Então entre em contacto connosco ou consulte as perguntas mais frequentes (FAQ).

+49 9673 9203 0

(falamos português)

info@dlubal.com

RFEM Estruturas de Betão Armado
RF-CONCRETE Columns 5.xx

Módulo adicional

Dimensionamento em betão armado pelo método do pilar padrão (método baseado na curvatura nominal)

Preço de primeira licença
630,00 USD