Funções do programa

Funções úteis do programa

Os programas e os módulos adicionais da da Dlubal Software incluem uma vasta gama de funções de potencial elevado.

Estando o nosso software em constante desenvolvimento, vão sendo adicionadas constantemente novas funções. Ao fazê-lo, temos também em consideração os pedidos e desejos dos nossos utilizadores.

  • Características do produto

Procurar

Mostrar filtro Ocultar filtro






Porquê a Dlubal Software?

Soluções

  • Mais de 100.000 usuários em 95 países
  • Um pacote de software para todas as áreas de aplicação
  • Apoio técnico gratuito por parte de engenheiros experientes
  • Tempo de aprendizagem curto e software intuitivo/autoexplicativo
  • Excelente relação preço-desempenho
  • Conceito em módulos flexível que pode ser ampliado conforme necessário
  • Sistema de licença por escalas com licenças de utilizador individuais e de rede
  • Software conhecido e comprovado em muitos projetos de renome

Newsletter

Receba regularmente informação sobre novidades, dicas úteis, eventos planeados, ofertas especiais e vales.

Simulação de vento e geração de cargas de vento

Com o programa individual RWIND 2 , as correntes de vento em torno de estruturas simples ou complexas podem ser simuladas com a ajuda de um túnel de vento digital.

As cargas de vento geradas que atuam nestes objetos podem ser importadas para o RFEM ou RSTAB.

1 - 10 de 823

Ordenar por:

Itens:

  • Permeabilidade ao vento livremente ajustável para superfícies

    No RWIND 2 Pro, é possível aplicar uma permeabilidade a uma superfície. Com definição

    • o coeficiente de Darcy D,
    • do coeficiente de inércia I e
    • o comprimento do meio poroso na direção do fluxo L.

    uma condição de fronteira de pressão pode ser definida entre a parte frontal e a parte posterior de uma zona porosa. Esta configuração permite o fluxo através desta zona com uma exibição de resultados em duas partes em ambos os lados da área da zona.

    Além disso, a geração do modelo simplificado reconhece as zonas permeáveis e tem em consideração as aberturas correspondentes na pele do modelo. Com a definição pura dos parâmetros de permeabilidade, pode ser evitada uma modelação geométrica complexa do elemento poroso. Esta função pode ser utilizada para simular andaimes permeáveis, cortinas de pó, estruturas de malha etc.

    Mais informações

  • Editor para controlar os refinamentos de malha

    O editor para controlar os refinamentos da malha oferece as seguintes opções:

    • Visualização gráfica de áreas com refinamentos de malha
    • Refinamento de malha de zonas
    • Deaktivierung der standardmäßigen 3D-Volumennetzverdichtung mit Transversion in entsprechende manuelle 3D-Netzverdichtungen

    Essas opções ajudam a formular uma regra adequada para gerar a malha de todo o modelo, mesmo para modelos com dimensões incomuns. Desta forma, é possível definir com eficácia pequenos detalhes do modelo em edifícios grandes ou áreas de rede detalhadas na área de esteira do modelo'.

  • Criar secção RSECTION a partir de ficheiro DXF

    Novo

    002553

    RSECTION 1

    Geral

    Ao importar um ficheiro DXF, estão disponíveis as seguintes opções para criar a secção:

    • Criar elementos automaticamente
    • considerar linhas do modelo DXF como linhas médias dos elementos com espessura associada

    Com a criação automática, os elementos e as partes associadas são criados a partir do contorno do contorno. Só são criados elementos que não excedem uma espessura máxima definível. Se a geometria da secção transversal estiver disponível como um modelo de linhas de eixo central, poderá considerar as linhas do modelo DXF como as linhas centrais dos elementos. Pode ser definida uma espessura que é atribuída igualmente a todos os elementos. As funções 'Criar elementos automaticamente' e 'Criar elementos nas linhas' também estão disponíveis no menu Editar em Manipulação.

  • Verificação da secção para barras de aço formadas a frio de acordo com a EN 1993-1-3

    Para perfis formados a frio da base de dados de secções, bem como para secções gerais formadas a frio (não perfuradas), a secção efetiva pode ser determinada tendo em consideração a encurvadura local e a instabilidade da forma o dimensionamento de secções pode ser realizado de acordo com a EN 1993-1-3, 6.1.6. Os esforços internos do cálculo com torção de empenamento (7 graus de liberdade) são considerados através da análise de tensões equivalentes.

  • Tipo de barra "Modelo de superfície"

    Novo

    002550

    RFEM 6

    Geral

    O tipo de barra "modelo de superfície" é utilizado para simular uma barra como um modelo de superfície no modelo global.

    Esta função oferece o seguinte valor acrescentado:

    • Introdução rápida através de barra com secção
    • Simulação de aberturas na alma
    • Saída simultânea de resultados de barra e superfície
    • Dimensionamento de resultados de barra com o módulo
    • Consideração da distribuição de tensões real

    A barra de superfície pode ser utilizada para as seguintes aplicações:

    • Viga alveolada
    • Vigas perfuradas
    • Viga com aberturas retangulares
    • Viga Viereendel
  • Criação de diagramas de cálculo

    Novo

    002548

    RFEM 6

    RSTAB 9

    Geral

    Os diagramas de cálculo podem ser criados e organizados globalmente no RFEM e no RSTAB. Isto é feito no Navegador – Dados ou através do menu Inserir → Diagramas de cálculo. Os diagramas de cálculo podem ser utilizados para guardar e apresentar relações entre diferentes resultados de um cálculo.

  • Articulações plásticas segundo a FEMA 356

    As articulações plásticas segundo a FEMA 356 podem ser utilizadas para criar curvas de pushover. Trata-se de articulações não lineares com valores de cedência predefinidos e critérios de aceitação para barras de aço (capítulo 5 da FEMA 356).

  • Centro de rigidez

    Depois de utilizar o módulo Modelo do edifício, o centro de rigidez resultante pode ser emitido sob a forma de tabelas ou gráficos. Isto pode ser utilizado para análises dinâmicas.
  • Diferenças de resultado em relação ao estado inicial

    Novo

    002526

    RFEM 6

    Geral

    Para combinações de cargas, os resultados das diferenças em relação ao estado inicial podem opcionalmente ser emitidos. Por exemplo, no caso de análises geotécnicas, é possível emitir o assentamento como uma diferença em relação ao estado inicial "peso próprio do solo".

  • Exportar do RFEM 6/RSTAB 9 para o MS Excel

    Todas as tabelas do RFEM/RSTAB, incluindo os resultados, podem ser exportadas individualmente ou todas de uma vez diretamente para uma tabela do Excel ou como ficheiro CSV. Existem várias opções disponíveis:

    • Com cabeçalhos de tabela
    • Só os objetos selecionados
    • Apenas linhas preenchidas
    • Só tabelas preenchidas
    • Exportar dados como texto simples

    Desta forma, é possível controlar e gerir de forma clara os dados exportados. As fórmulas armazenadas podem ser exportadas diretamente na tabela ou como uma tabela separada, como no caso dos parâmetros utilizados.

1 - 10 de 823

Contacto

Contactar a Dlubal

Tem alguma outra questão ou necessita de aconselhamento? Contacte-nos através de telefone, e-mail, chat ou fórum, ou pesquise na página de FAQ, disponível 24 horas por dia, 7 dias por semana.

+49 9673 9203 0

(falamos português)

[email protected]

Primeiros passos

Primeiros passos

Consulte estas dicas para o ajudar a começar a utilizar os programas RFEM e RSTAB.

Software poderoso e versátil

"O software é tão poderoso e poderoso. As pessoas irão apreciar isto se for apresentado corretamente."

Ótimas funções

"Utilizo o software da Dlubal há já mais de um ano e continuo impressionado com as numerosas capacidades/flexibilidades que o programa oferece, particularmente a habilidade de fazer frente a desafios de dimensionamento e requisitos fora do vulgar típicos no meu trabalho diário."

Apoio ao cliente 24/7

BASE DE DADOS DE CONHECIMENTO

Além do apoio técnico personalizado, oferecemos também um serviço 24h por dia na nossa página de internet, que inclui:

Funções do programa

Funções úteis do programa

Os programas e os módulos adicionais da da Dlubal Software incluem uma vasta gama de funções de potencial elevado.

Estando o nosso software em constante desenvolvimento, vão sendo adicionadas constantemente novas funções. Ao fazê-lo, temos também em consideração os pedidos e desejos dos nossos utilizadores.

  • Características do produto

Procurar

Mostrar filtro Ocultar filtro






Porquê a Dlubal Software?

Soluções

  • Mais de 100.000 usuários em 95 países
  • Um pacote de software para todas as áreas de aplicação
  • Apoio técnico gratuito por parte de engenheiros experientes
  • Tempo de aprendizagem curto e software intuitivo/autoexplicativo
  • Excelente relação preço-desempenho
  • Conceito em módulos flexível que pode ser ampliado conforme necessário
  • Sistema de licença por escalas com licenças de utilizador individuais e de rede
  • Software conhecido e comprovado em muitos projetos de renome

Newsletter

Receba regularmente informação sobre novidades, dicas úteis, eventos planeados, ofertas especiais e vales.

Simulação de vento e geração de cargas de vento

Com o programa individual RWIND 2 , as correntes de vento em torno de estruturas simples ou complexas podem ser simuladas com a ajuda de um túnel de vento digital.

As cargas de vento geradas que atuam nestes objetos podem ser importadas para o RFEM ou RSTAB.

1 - 10 de 823

Ordenar por:

Itens:

  • Permeabilidade ao vento livremente ajustável para superfícies

    No RWIND 2 Pro, é possível aplicar uma permeabilidade a uma superfície. Com definição

    • o coeficiente de Darcy D,
    • do coeficiente de inércia I e
    • o comprimento do meio poroso na direção do fluxo L.

    uma condição de fronteira de pressão pode ser definida entre a parte frontal e a parte posterior de uma zona porosa. Esta configuração permite o fluxo através desta zona com uma exibição de resultados em duas partes em ambos os lados da área da zona.

    Além disso, a geração do modelo simplificado reconhece as zonas permeáveis e tem em consideração as aberturas correspondentes na pele do modelo. Com a definição pura dos parâmetros de permeabilidade, pode ser evitada uma modelação geométrica complexa do elemento poroso. Esta função pode ser utilizada para simular andaimes permeáveis, cortinas de pó, estruturas de malha etc.

    Mais informações

  • Editor para controlar os refinamentos de malha

    O editor para controlar os refinamentos da malha oferece as seguintes opções:

    • Visualização gráfica de áreas com refinamentos de malha
    • Refinamento de malha de zonas
    • Deaktivierung der standardmäßigen 3D-Volumennetzverdichtung mit Transversion in entsprechende manuelle 3D-Netzverdichtungen

    Essas opções ajudam a formular uma regra adequada para gerar a malha de todo o modelo, mesmo para modelos com dimensões incomuns. Desta forma, é possível definir com eficácia pequenos detalhes do modelo em edifícios grandes ou áreas de rede detalhadas na área de esteira do modelo'.

  • Criar secção RSECTION a partir de ficheiro DXF

    Novo

    002553

    RSECTION 1

    Geral

    Ao importar um ficheiro DXF, estão disponíveis as seguintes opções para criar a secção:

    • Criar elementos automaticamente
    • considerar linhas do modelo DXF como linhas médias dos elementos com espessura associada

    Com a criação automática, os elementos e as partes associadas são criados a partir do contorno do contorno. Só são criados elementos que não excedem uma espessura máxima definível. Se a geometria da secção transversal estiver disponível como um modelo de linhas de eixo central, poderá considerar as linhas do modelo DXF como as linhas centrais dos elementos. Pode ser definida uma espessura que é atribuída igualmente a todos os elementos. As funções 'Criar elementos automaticamente' e 'Criar elementos nas linhas' também estão disponíveis no menu Editar em Manipulação.

  • Verificação da secção para barras de aço formadas a frio de acordo com a EN 1993-1-3

    Para perfis formados a frio da base de dados de secções, bem como para secções gerais formadas a frio (não perfuradas), a secção efetiva pode ser determinada tendo em consideração a encurvadura local e a instabilidade da forma o dimensionamento de secções pode ser realizado de acordo com a EN 1993-1-3, 6.1.6. Os esforços internos do cálculo com torção de empenamento (7 graus de liberdade) são considerados através da análise de tensões equivalentes.

  • Tipo de barra "Modelo de superfície"

    Novo

    002550

    RFEM 6

    Geral

    O tipo de barra "modelo de superfície" é utilizado para simular uma barra como um modelo de superfície no modelo global.

    Esta função oferece o seguinte valor acrescentado:

    • Introdução rápida através de barra com secção
    • Simulação de aberturas na alma
    • Saída simultânea de resultados de barra e superfície
    • Dimensionamento de resultados de barra com o módulo
    • Consideração da distribuição de tensões real

    A barra de superfície pode ser utilizada para as seguintes aplicações:

    • Viga alveolada
    • Vigas perfuradas
    • Viga com aberturas retangulares
    • Viga Viereendel
  • Criação de diagramas de cálculo

    Novo

    002548

    RFEM 6

    RSTAB 9

    Geral

    Os diagramas de cálculo podem ser criados e organizados globalmente no RFEM e no RSTAB. Isto é feito no Navegador – Dados ou através do menu Inserir → Diagramas de cálculo. Os diagramas de cálculo podem ser utilizados para guardar e apresentar relações entre diferentes resultados de um cálculo.

  • Articulações plásticas segundo a FEMA 356

    As articulações plásticas segundo a FEMA 356 podem ser utilizadas para criar curvas de pushover. Trata-se de articulações não lineares com valores de cedência predefinidos e critérios de aceitação para barras de aço (capítulo 5 da FEMA 356).

  • Centro de rigidez

    Depois de utilizar o módulo Modelo do edifício, o centro de rigidez resultante pode ser emitido sob a forma de tabelas ou gráficos. Isto pode ser utilizado para análises dinâmicas.
  • Diferenças de resultado em relação ao estado inicial

    Novo

    002526

    RFEM 6

    Geral

    Para combinações de cargas, os resultados das diferenças em relação ao estado inicial podem opcionalmente ser emitidos. Por exemplo, no caso de análises geotécnicas, é possível emitir o assentamento como uma diferença em relação ao estado inicial "peso próprio do solo".

  • Exportar do RFEM 6/RSTAB 9 para o MS Excel

    Todas as tabelas do RFEM/RSTAB, incluindo os resultados, podem ser exportadas individualmente ou todas de uma vez diretamente para uma tabela do Excel ou como ficheiro CSV. Existem várias opções disponíveis:

    • Com cabeçalhos de tabela
    • Só os objetos selecionados
    • Apenas linhas preenchidas
    • Só tabelas preenchidas
    • Exportar dados como texto simples

    Desta forma, é possível controlar e gerir de forma clara os dados exportados. As fórmulas armazenadas podem ser exportadas diretamente na tabela ou como uma tabela separada, como no caso dos parâmetros utilizados.

1 - 10 de 823

Contacto

Contactar a Dlubal

Tem alguma outra questão ou necessita de aconselhamento? Contacte-nos através de telefone, e-mail, chat ou fórum, ou pesquise na página de FAQ, disponível 24 horas por dia, 7 dias por semana.

+49 9673 9203 0

(falamos português)

[email protected]

Primeiros passos

Primeiros passos

Consulte estas dicas para o ajudar a começar a utilizar os programas RFEM e RSTAB.

Software poderoso e versátil

"O software é tão poderoso e poderoso. As pessoas irão apreciar isto se for apresentado corretamente."

Ótimas funções

"Utilizo o software da Dlubal há já mais de um ano e continuo impressionado com as numerosas capacidades/flexibilidades que o programa oferece, particularmente a habilidade de fazer frente a desafios de dimensionamento e requisitos fora do vulgar típicos no meu trabalho diário."

Apoio ao cliente 24/7

BASE DE DADOS DE CONHECIMENTO

Além do apoio técnico personalizado, oferecemos também um serviço 24h por dia na nossa página de internet, que inclui: