Módulo adicional CONCRETE do RSTAB

Vídeo sobre o módulo adicional CONCRETE

Newsletter

Subscreva e receba as mais recentes novidades, dicas úteis, informação sobre eventos, ofertas especiais e vales pelo menos uma vez por mês.

Análise linear e não-linear para secções de betão armado com esboço de armadura

O BETON é um módulo adicional do RSTAB para o dimensionamento em betão armado de elementos de barras. O módulo permite a avaliação de esforços internos do RSTAB em diferentes situações de cálculo. Assim, é possível combinar em casos de carga do CONCRETE diferentes barras e combinações de cargas. Desta maneira, o utilizador consegue calcular rapidamente várias alternativas de dimensionamento com diferentes classes de betão ou secções transversais diferentes.

O dimensionamento é efetuado para flexão biaxial com esforço normal assim como corte e torção. As correspondentes extensões permitem a verificação de acordo com as seguintes normas:

A verificação da resistência ao fogo para secções retangulares e circulares é opcionalmente possível segundo::

  1. Características do programa

    • Importação de resultados do RSTAB
    • Biblioteca de materiais e secções integrada
    • Com a extensão EC2 for RSTAB é possível efetuar o dimensionamento em betão armado segundo a EN 1992-1-1:2004 (Eurocódigo 2) assim como o anexo nacional português e outros:
      •  NP EN 1992-1-1/NA:2010-02 (Portugal)
      •  UNE EN 1992-1-1/NA:2013 (Espanha)
      • Deutschland DIN EN 1992-1-1/NA:2013-04 (Alemanha)
      •  NEN-EN 1992-1-1+C2:2011/NB:2011 (Holanda)
      •  CSN EN 1992-1-1/NA:2006-11 (República Checa)
      •  ÖNORM B 1992-1-1:2011-12 (Áustria)
      •  EN 1992-1-1 DK NA:2013 (Dinamarca)
      •  SIST EN 1992-1-1:2005/A101:2006 (Eslovénia)
      •  NF EN 1992-1-1/NA:2007-03 (França)
      •  STN EN 1992-1-1/NA:2008-06 (Eslováquia)
      •  SFS EN 1992-1-1/NA:2007-10 (Finlândia)
      •  NA to BS EN 1992-1-1:2004 (Reino Unido)
      •  SS EN 1992-1-1/NA:2008-06 (Singapura)
      • UNI EN 1992-1-1/NA:2007-07 (Itália)
      • SS EN 1992-1-1/NA:2008 (Suécia)
      •  PN EN 1992-1-1/NA:2010 (Polónia)
      • NBN EN 1992-1-1 ANB:2010 für Kaltbemessung, EN 1992-1-2 ANB:2010 für Heißbemessung (Bélgica)
      • NA to CYS EN 1992-1-1:2004/NA:2009 (Chipre)
      • BDS EN 1992-1-1:2005/NA:2011 (Bulgária)
      • LST EN 1992-1-1:2005/NA:2011 (Lituânia)
      • SR EN 1992-1-1:2004/NA:2008 (Roménia)
      •  MS EN 1992-1-1:2010 (Malásia)
      • Lettland LVS EN 1992-1-1:2005/NA:2014 (Letónia)
    Além dos anexos nacionais acima mencionados, podem também ser criados anexos personalizados, com valores limite e parâmetros definidos pelo utilizador.
    • Pré-definições opcionais para o coeficiente de segurança parcial e de redução, limitação da zona de compressão, propriedades do material e recobrimento de betão
    • Determinação de armadura longitudinal, de corte e de torção
    • Dimensionamento de barras de secção variável
    • Otimização de secções
    • Representação de armadura mínima e de compressão
    • Determinação de uma proposta de armadura pode ser alterada
    • Verificação da limitação da abertura de fendas com aumento opcional da armadura necessária para cumprimento dos valores limite definidos da verificação da abertura de fendas
    • Cálculo não-linear com consideração da secção fendilhada (para DIN 1045-1:2001, DIN 1045-1:2008, DIN V EN 1992-1-1:1992-06 e EN 1992-1-1:2004)
    • Consideração de reforço de tração
    • Consideração de retração e fluência
    • Deformação em secções fendilhadas (estado II)
    • Representação gráfica de todos os diagramas de resultados
    • Verificação da proteção contra incêndio de acordo com o método simplificado (método de zonas) segundo EN 1992-1-2 para secções retangulares e circulares. Assim, também é possível a verificação da resistência ao fogo de consolas.
  2. Reinforcement settings of columns

    Entrada de dados

    Depois de iniciar o programa, é definido segundo qual norma é realizado o dimensionamento. Os estadlos limite último e de utilização podem ser verificados através de teoria linear ou não-linear. Os casos de carga, grupos de carga ou combinações de carga são depois atribuídos aos diferentes tipos de cálculo. Nas seguintes tabelas de entrada são definidos os materiais e secções. Além disso, pode atribuir parâmetros à fluência e à retração. O módulo de fluência e o coeficiente de retração são dados em conformidade com a idade do betão.

    A geometria de apoio é determinada por dados de projeto relevantes, como largura e tipo de apoio (apoio direto, final, monolítico ou intermédio), redistribuição de momentos assim como redução de força de corte e de momentos. CONCRETE reconhece os tipos de apoio do modelo RSTAB.

    Em conclusão, aparece uma tabela composta por diversos separadores, na qual são introduzidos os dados de armadura específicos, como diâmetro, recobrimento de betão, dispensas de armadura, número de camadas, cortes de cantoneiras e tipos de ancoragem. Ao realizar a verificação da proteção contra incêndio são definidas a classe de resistência ao fogo, os parâmetros do material relativos ao fogo assim com o lado da secção exposto ao fogo. Barras e conjuntos de barras podem ser agrupados nos chamados ''grupos de armadura'', cada qual com diferentes parâmetros de dimensionamento.

    Para a verificação da abertura de fendas pode ser definido o valor limite da abertura de fendas máxima. A geometria de secções variáveis pode ser determinada adicionalemente para a armadura.

  3. Error messages

    Dimensionamento

    Antes de iniciar o cálculo, deve ser assegurado através de um controle operacionado pelo programa, que os dados de entrada estão completos e corretos. De seguida, CONCRETE procura os resultados dos casos de carga, grupos de carga e combinações de carga relevantes para o dimensionamento. Se estes não forem encontrados, então o RSTAB inicia o cálculo para determinar as forças internas necessárias.

    Tendo em conta a norma selecionada, CONCRETE calcula as áreas de armadura longitudinais e de corte necessárias assim como os respetivos resultados intermédios. Se a armadura longitudinal determinada pelo estado limite último não for suficiente para a verificação da abertura de fendas máxima, então é possível aumentar a armadura automaticamente até ser atingido o valor limite.

    A verificação de componentes estruturais com risco de estabilidade pode ser realizada por um cálculo não-linear. Para tal, estão à disposição diferentes abordagens para as repetivas normas.

    O dimensionamento da proteção contra incêndio é realizado de acordo com o método de cálculo simplificado segundo EN 1992-1-2, 4.2. É usado o método de zonas descrito no anexo B2. Além disso, podem ser consideradas as tensões térmicas em direção longitudinal e a curvatura inicial térmica, que se cria adicionalmente das ações de fogo assimétricas .

  4. Representação dos resultados

    Resultados

    Depois do dimensionamento, os resultados da armadura necessária são listados em tabelas bem organizadas com gráficos ilustrativos e em resultados detalhados. Além disso, o módulo apresenta todos os valores intermédios. Ao lado da tabela são representados graficamente as tensões e deformações atuais.

    As propostas para armadura longitudinal e de estribos, incluindo esboços, são documentados de forma adequada à prática comum. É possível editar a proposta de armadura e ajustar, por exemplo, o número de barras e a ancoragem. As alterações são atualizadas automaticamente.

    A secção de betão com armadura pode ser representada e visualizada em composição 3D. Desta maneira, obtem-se uma possibilidade de documentação otimizada para a criação de planos de armadura inclusive a lista de aços.

    As verificações da limitação da abertura de fendas são efetuados com a armadura selecionada para os esforços internos determinantes do estado limite de utilização. A saída de resultados inclui tensões do aço, armadura mínima, diâmetro limite, espaçamentos de armadura máximos, espaçamento de fendas máximo assim como largura de fendas.

    Como resultado do cálculo não-linear obtem-se o estado limite último da secção transversal com a armadura definida (determinação elástico-linear) assim como os deslocamentos dos elementos com consideração das rigidezes em estado fendilhado.

Contacto

Contacto da Dlubal

Tem alguma questão sobre os nossos produtos ou necessita de ajuda para a escolha dos produtos para o seu trabalho? Entre em contacto connosco ou consulte as perguntas mais frequentes (FAQ).

+49 9673 9203 0

(falamos português)

info@dlubal.com

Projetos de clientes

customer-projects-de

Projetos interessantes dimensionados com o software da Dlubal.

PREÇO para o RSTAB (líquido)

  • CONCRETE 8.xx

    810,00 USD

  • Licença adicional

    364,50 USD