Módulo adicional RF-/STEEL Fatigue Members do RFEM/RSTAB

Newsletter

Subscreva e receba as mais recentes novidades, dicas úteis, informação sobre eventos, ofertas especiais e vales pelo menos uma vez por mês.

Dimensionamento à fadiga para barras e conjuntos de barras

Com o módulo adicional RF-/STEEL Fatigue Members é possível efetuar o dimensionamento à fadiga de acordo com EN 1993-1-9 para barras e conjuntos de barras de aço. O dimensionamento à fadiga segundo a EN 1993-1-9 baseia-se no conceito de tensões nominais. Os esforços internos, por seu lado, são determinados de acordo a análise estrutural para as barras e as tensões são calculadas de acordo com a mecânica dos materiais na posição onde é esperada a formação de fendas. Isto significa, que os intervalos das tensões nominais Δσ e Δτ como resultado de ações, são comparados com os valores de cálculo das resistências à fadiga ΔσR e ΔτR.

Além disso, à norma EN 1993-1-9 aplica-se o conceito dos conceitos de segurança parciais. O coeficiente de segurança parcial γMf para a resistência à fadiga é graduado em dependência do conceito de fiabilidade e as possíveis consequências da rotura.

O módulo adicional RF-/STEEL Fatigue Members inclui uma extensa biblioteca de secções e uma biblioteca de materiais expansível com os valores da resistência específicos da norma.

  1. Funções do programa

    • Integração total no RFEM/RSTAB com possibilidade de importar toda a informação e esforços internos relevantes
    • Determinação das gamas de tensões para os casos de cargas, combinações de cargas ou combinações de resultados disponíveis
    • Atribuição livre das categorias de detalhes nos pontos de tensões disponíveis da secção
    • Especificação definida pelo utilizador dos fatores equivalentes do dano
    • Dimensionamento de barras e conjuntos de barras de acordo com EN 1993-1-9
    • Otimização de secções com opção de transferência para o RFEM/RSTAB
    • Documentação detalhada de resultados com referências às equações de cálculo usadas
    • Várias opções para filtrar e ordenar resultados, incluindo listagens de resultados por barras, secções, posições x ou casos de carga / combinações de cargas / combinações de resultados
    • Visualização de critérios de cálculo no modelo RFEM/RSTAB
    • Exportação de dados para o MS Excel
  2. Entrada de dados

    Após a abertura do módulo, são definidas as barras, os conjuntos de barras, os casos de carga (combinações de cargas/combinações de resultados) a serem dimensionados à fadiga. 

    Os materiais do RFEM/RSTAB estão pré-definidos, mas podem ser ajustados no RF-/STEEL Fatigue Members. As propriedades dos materiais das respetivas normas estão guardadas em bibliotecas.

    Para o dimensionamento é necessário definir os fatores equivalentes do dano assim como as categorias de detalhe nos pontos de tensão disponíveis, que o utilizador pretende que sejam considerados no cálculo

  3. Resultados da verificação por secção

    Dimensionamento

    A análise da resistência à fadiga baseia-se na verificação através de fatores equivalentes do dano. As gamas de tensões equivalentes de dano Δσ E,2 e Δ τE,2 em relação a 2*106 ciclos de tensão são comparadas com os valores limite da resistência à fadiga ΔσC ou ΔτC para 2*106 ciclos de tensão da correspondente categoria de detalhes sob consideração dos coeficientes de segurança parciais. 

    Daí resultam os respetivos requisitos de dimensionamento.Os casos de dimensionamento separados permitem uma análise flexível da seleção de barras, conjuntos de barras e ações assim das secções individuais. Os parâmetros relevantes para o dimensionamento, tais como a escolha do conceito de dimensionamento assim como dos coeficientes de segurança parcial, podem ser definidos livremente pelo utilizador.

  4. Gráfico de resultados com relação de cálculo

    Resultados

    Após o dimensionamento, os resultados são representados em janelas claras e bem organizadas no módulo. Todos os valores intermédios (p. ex. esforços internos determinantes, fatores de ajustamento, etc.) podem ser visualizados, tornando assim o as verificações mais transparentes. Os resultados são ordenados e representados de acordo com casos de carga, secções, conjuntos de barras e barras.

    Se a verificação não for cumprida, as secções em causa podem ser modificadas num processo de otimização. As secções otimizadas podem de seguida ser transferidas para o RFEM/RSTAB para recalcular a estrutura.

    A relação de cálculo é representada no modelo RFEM/RSTAB com cores diferentes, permitindo assim uma deteção rápida das secções que estão em estado crítico ou sobredimensionadas. A avaliação específica é também garantida através de diagramas de resultados representados diretamente nas barras e nos conjuntos de barras.

    Além dos dados de entrada e dos resultados em tabelas inclusive os detalhes do dimensionamento, o relatório de impressão permite a integração de gráficos referentes ao modelo. Fica garantida assim uma documentação ainda mais expressiva. O conteúdo selecionado para o relatório assim como extensão dos dados de saída pode ser selecionada pontualmente para as verificações individuais.

Contacto

Contacto da Dlubal

Tem alguma questão sobre os nossos produtos ou necessita de ajuda para a escolha dos produtos para o seu trabalho? Entre em contacto connosco ou consulte as perguntas mais frequentes (FAQ).

+49 9673 9203 0

(falamos português)

info@dlubal.com

Projetos de clientes

customer-projects-de

Projetos interessantes dimensionados com o software da Dlubal.

PREÇO para o RFEM (líquido)

  • RF-STEEL Fatigue Members 5.xx

    1.120,00 USD

  • Licença adicional

    504,00 USD

PREÇO para o RSTAB (líquido)

  • STEEL Fatigue 8.xx

    1.120,00 USD

  • Licença adicional

    504,00 USD