Módulo adicional RF-/TIMBER Pro do RFEM/RSTAB

Newsletter

Subscreva e receba as mais recentes novidades, dicas úteis, informação sobre eventos, ofertas especiais e vales pelo menos uma vez por mês.

Dimensionamento de barras e conjuntos de barras em madeira

O RF-/TIMBER Pro efetua o dimensionamento de barras e conjuntos de barras com base no conceito de verificação das normas:

  • European Union EN 1995-1-1 (inclusive os anexos nacionais; ver mais abaixo)
  • Switzerland SIA 265:2012 + SIA 265-C1:2012
  • Germany DIN 1052:2008-12

Além da verificação de tensões, o RF-/TIMBER Pro efetua uma análise de estabilidade para as barras, tanto pelo método da barra equivalente como pela teoria de segunda ordem. Podem também ser feitos os dimensionamentos do estado limite de utilização assim como da resistência ao fogo. Por fim, o módulo permite uma otimização automática das secções.

  1. Funções do programa

    • Integração completa no RFEM/RSTAB com possibilidade de importação de todos os dados relevantes e esforços internos
    • Para a norma EN 1995-1-1, de momento estão disponíveis os seguintes anexos nacionais:
      •  NP EN 1995-1-1 (Portugal)
      •  UNE EN 1995-1-1 (Espanha)
      •  NF EN 1995-1-1/NA:2010-05 (França)
      • Deutschland DIN EN 1995-1-1:2010/NA:2013-08 (Alemanha)
      •  ÖNORM B 1995-1-1:2009-07 (Áustria)
      •  NA to BS EN 1995-1-1:2006 (Reino Unido)
      •  CSN EN 1995-1-1/NA:2007-09 (República Checa)
      •  EN 1995-1-1 DK NA:2011-12 (Dinamarca)
      •  SFS EN 1995-1-1/NA:2007-11 (Finlândia)
      •  UNI EN 1995-1-1/NA:2010-09 (Itália)
      •  NEN EN 1995-1-1/NB:2007-11 (Holanda)
      •  LU EN 1995-1-1/NA:2011-09 (Luxemburgo)
      •  SIST EN 1995-1-1/A101:2006-3 (Eslovénia)
      • Ireland I.S. EN 1995-1-1/NA:2010-03 (Irlanda)
      •  SS EN 1995-1-1:2004+AC:2006+A1:2008 (Suécia)
      •  NBN EN 1995-1-1/NA:2012-07 (Bélgica)
      •  STN EN 1995-1-1/NA:2008-12 (Eslováquia)
      •  PN EN 1995-1-1/NA:2010-09 (Polónia)
      •  CYS EN 1995-1-1/NA:2011-06 (Chipre)
      •  BDS EN 1995-1-1/NA:2012-02 (Bulgária)
      •  LST EN 1995-1-1 (Lituânia)
      •  SR EN 1995-1-1/NA:2008-03 (Roménia)
      • Latvia LVS EN 1995-1-1:2005/NA:2012 (Letónia)
    • Biblioteca de materiais extensa de acordo com as normas EN, SIA, e DIN
    • Dimensionamento de secções redondas, retangulares e mistas (híbridas também)
    • Atribuição específica da estrutura às classes de utilização (CLUT) e classificação das ações em classes de duração do carregamento (CDC)
    • Dimensionamento de barras e conjuntos de barras
    • Análise de estabilidade através do método da barra equivalente ou de acordo com a teoria de segunda ordem
    • Cálculo dos esforços internos determinantes
    • Informação breve sobre a verificação – cumprida ou não cumprida
    • Visualização do critério de verificação no modelo do RFEM/RSTAB
    • Otimização automática de secções
    • Lista de peças e determinação de massas
    • Exportação de dados para o MS Excel
    • Configuração livre do tempo de queima e das taxas de queima assim como livre escolha dos lados de queima
    • Verificações da proteção contra incêndio de acordo com as seguintes normas:
      • European Union EN 1995-1-2
      • Switzerland SIA 265:2012 + SIA 265-C1:2012
      • Deutschland DIN 4102-22:2004
    • Importação de comprimentos de encurvadura do módulo RF-STABILITY/RSBUCK
    • Verificação de barras de secção variável de acordo com o ângulo de corte previamente definido
    • Verificação da cumeeira e saída das tensões de tração transversais para as cumeeiras definidas
    • Dimensionamento de barras/conjuntos de barras curvados
  2. Dados gerais

    Entrada de dados

    Após abrir o módulo, são especificados as barras/conjuntos de barras, os casos de carga, as combinações de cargas ou de resultados que vão ser considerados para o dimensionamento, tanto dos estados limite último como de utilização e da resistência ao fogo. Os materiais definidos no RFEM/RSTAB estão já pré-definidos, mas podem ser ajustados ao RF-/TIMBER Pro. Na biblioteca estão armazenadas as propriedades de materiais, de acordo com a respetiva norma. 

    Após a verificação das secções, são atribuídas as classes de duração do carregamento (CDC) e as classes de utilização (CLUT) para casos de carga ou barras selecionados. 

    As secções combinadas podem ser constituídas por diferentes materiais. O dimensionamento no RF-/TIMBER Pro é efetuado com consideração do eixo neutro deslocado (para o caso de secções semi-rígidas acopladas). Para a verificação da deformação, têm de ser especificados os comprimentos de referência das barras ou conjuntos de barras relevantes, podendo também ser considerada a direção de deslocamento, a contra-flecha e o tipo de viga.

  3. Parâmetros do anexo nacional

    Dimensionamento

    Na verificação da resistência da secção, são analisadas tração e compressão na direção das fibras, flexão, flexão e tração/compressão assim como corte devido a esforço de corte com e sem torção. As verificações são efetuadas ao nível dos valores de cálculo das tensões.

    Para a verificação de elementos com perigo de encurvadura ou derrubamento, de acordo com o método da barra equivalente, o programa considera compressão axial, flexão com e sem esforço de compressão assim como flexão e tração. A flecha para vãos interiores e consolas é determinada em situações de dimensionamento características e quase-permanentes.

    As barras, conjuntos de barras e cargas selecionados podem ser analisados com toda a flexibilidade em casos de dimensionamento separados. As análises de estabilidade podem ser efetuadas igualmente em casos separados. Para barras de secção variável o ângulo de corte é considerado para as zonas com compressão e flexão assim como tração e flexão. Se tiver já sido definida uma cumeeira, o dimensionamento desta cumeeira é efetuado de forma adicional.

  4. Diferentes vistas no RFEM com relação de cálculo

    Resultados

    Após o dimensionamento efetuado com sucesso, os resultados são apresentados em tabelas bem organizadas. Cada valor intermédio pode ser confirmado, tornando as verificações transparentes. Os resultados são listados por caso de cargas, secções, barras e conjuntos de barras.

    Se a verificação não for cumprida, é possível submeter as secções em causa a um processo de otimização. As secções otimizadas podem, de seguida, ser transferidas para o RFEM/RSTAB para as recalcular. 

    A relação de cálculo é representada graficamente no modelo RFEM/RSTAB através de diferentes cores. Assim, zonas críticas ou sobredimensionadas podem rapidamente ser detetadas. A avaliação específica é também garantida através da representação dos diagramas de resultados na barra ou no conjunto de barras. 

    Os dados de entrado e saída em tabelas assim como os detalhes de dimensionamento e todos os gráficos podem ser incorporados no relatório de impressão do RFEM/RSTAB. Desta maneira, é garantida uma documentação clara e bem organizada.

Contacto

Contacto da Dlubal

Tem alguma questão sobre os nossos produtos ou necessita de ajuda para a escolha dos produtos para o seu trabalho? Entre em contacto connosco ou consulte as perguntas mais frequentes (FAQ).

+49 9673 9203 0

(falamos português)

info@dlubal.com

Projetos de clientes

customer-projects-de

Projetos interessantes dimensionados com o software da Dlubal.

PREÇO para o RFEM (líquido)

  • RF-TIMBER Pro 5.xx

    1.120,00 USD

  • Licença adicional

    504,00 USD

PREÇO para o RSTAB (líquido)

  • TIMBER Pro 8.xx

    1.120,00 USD

  • Licença adicional

    504,00 USD