2874x
004260
2019-12-27

Pergunta

Quais são as funções disponíveis para a troca de dados entre o Grasshopper e o RFEM?


Resposta:
Após a instalação bem-sucedida da interface, fica disponível a barra de ferramentas do RFEM5. Utilize os componentes correspondentes para controlar a exportação para o RFEM. Para fazer isso, basta arrastar e largar na interface de programação. Não é possível importar do RFEM.

A comunicação entre o Grasshopper e o RFEM é possibilitada pelo "RFEM 5 COM Component". Uma vez ativado este componente com informações geométricas, a exportação é iniciada. Este requer um ficheiro do RFEM aberto. Recomenda-se a utilização de um ficheiro vazio porque a exportação substitui todas as informações. De momento, não está implementado um mecanismo de atualização. Utilizando a "Lista de valores", pode definir adicionalmente a unidade que é utilizada para descrever a geometria. As modificações das tolerâncias geralmente são necessárias apenas se os pontos tiverem sido definidos muito próximos uns dos outros. Pode introduzir o número a ser armazenado para isso no "Painel".
O "RFEM 5 Member Component" permite ao utilizador anexar informações adicionais à geometria (linhas, curvas). Estas são tidas em conta na exportação para o RFEM para que seja possível criar barras. O nome do material e da secção devem ser introduzidos numa caixa de texto (painel). A rotação da barra pode ser definida através de um "Number Slider" em [rad]. Para a definição das articulações da barra, é necessário carregar adicionalmente o "RFEM 5 Member Hinge Component". A entrada é constituída por 6 graus de liberdade que podem ser controlados individualmente. Para a libertação de um grau de liberdade, é necessário definir o valor "0" e as constantes de mola são esperadas nas unidades [N/m] ou [Nm/rad]. Não é possível alterar a unidade. Atualmente, as não linearidades não podem ser especificadas.
O "RFEM 5 Surface Component" deve ser utilizado de forma análoga ao componente "Member". Supõe-se que existe uma superfície ao introduzir a geometria. O material pode ser fixado através do "painel". A espessura da superfície pode ser definida em [m] utilizando o cursor numérico. O tipo de rigidez da superfície pode ser controlado através de uma "Value List" com tipos predefinidos.
Pode criar apoios nodais utilizando o "Componente de apoio nodal do RFEM 5". Na página de entrada, você pode definir os pontos a serem apoiados. Neste caso, é recomendada a utilização de nós de definição de superfícies ou linhas já existentes. Todos os 6 graus de liberdade podem ser controlados. Neste caso, o valor "0" significa uma libertação na respetiva direção, "-1" significa um apoio fixo. As constantes de mola podem ser definidas da mesma forma que as articulações da barra.


O ficheiro Grasshopper do gráfico encontra-se disponível para download. Apenas é necessário ativar o "RFEM 5 COM Component".