Normas

Várias normas integradas!

Existem várias normas internacionais integradas no RFEM e no RSTAB. Os respetivos módulos permitem o dimensionamento de estruturas de aço, betão armado e madeira.

A seguir, encontra uma visão geral das normas disponíveis para os respetivos países.

  • Nave de aço
  • Software Dlubal para o cálculo e dimensionamento de estruturas em betão armado
  • Software Dlubal para Análise e Dimensionamento de Estruturas de Madeira
  • Software da Dlubal para o cálculo e dimensionamento de gruas e pistas de rolamento
  • Software Dlubal para o Dimensionamento e Análise Estrutural de Torres e Mastros

Eurocódigos (EC)

O programa de elementos finitos RFEM e o programa de estruturas reticuladas e pórticos RSTAB permitem um planeamento estrutural consistente segundo o Eurocódigo para estruturas de betão armado, estruturas de aço, estruturas de madeira, estruturas de alumínio e muitas outras estruturas.

O processo de planeamento, desde a geração automática de combinações de cargas e resultados, a geração de cargas de vento e neve até ao dimensionamento estático e dinâmico, pode ser realizado segundo as respetivas normas europeias.

Normas brasileiras (NBR)

Os programas de cálculo estrutural RFEM e RSTAB permitem dimensionar estruturas de aço de acordo com a norma brasileira ABNT NBR 8800.

Além disso, as estruturas de madeira podem ser dimensionadas de acordo com a norma brasileira de madeira NBR 7190.

Normas dos EUA (AISC, ACI, AWC, ADM, ASCE 7, IBC)

Os programas RFEM e RSTAB permitem dimensionar estruturas de aço, betão, alumínio e madeira segundo as respetivas normas americanas. Também permitem analisar estruturas combinadas constituídas por vários materiais.

Além do cálculo estrutural, também é possível combinar cargas automaticamente e realizar análises sísmicas segundo a IBC e a ASCE 7.

Normas mexicanas (RCDF, CFE Sismo 08)

A norma mexicana de construção em aço NTC-RCDF (2004) está disponível para o dimensionamento nos programas de cálculo estrutural da Dlubal. Além disso, podem ser realizadas análises sísmicas de acordo com a norma mexicana CFE Sismo 08.

Normas da África do Sul (SANS)

Os programas de cálculo estrutural RFEM e RSTAB permitem dimensionar estruturas de aço de acordo com a norma sul-africana SANS 10162-1:2011.

Normas da Suíça (SIA)

As normas suíças para o dimensionamento de estruturas de aço, betão armado e madeira estão disponíveis nos programas de cálculo estrutural da Dlubal. Os dimensionamentos sísmicos podem ser realizados de acordo com a SIA 261.

Além disso, as cargas de acordo com as normas SIA 260 ou SIA 260 | Madeira podem ser combinadas automaticamente.

Normas alemãs (DIN)

Na Alemanha, as estruturas são dimensionadas, por defeito, segundo os Eurocódigo com os respetivos anexos nacionais alemães (DIN EN). 

Para recalcular estruturas existentes, pode ser necessário trabalhar com normas DIN que já não sejam válidas. Por isso, a Dlubal também oferece soluções para estas normas.

Normas britânicas (BS EN, BS)

As estruturas de aço podem ser dimensionadas no RFEM e no RSTAB de acordo com a BS EN 1993-1-1 (Eurocódigo 3: anexo britânico). Além disso, podem ser criadas automaticamente combinações de cargas e de resultados segundo o Eurocódigo 0 ou a norma BS 5950-1.

Normas canadianas (CSA)

As normas canadianas para o dimensionamento de estruturas de aço, betão e madeira estão disponíveis nos programas de cálculo estrutural RFEM e RSTAB.

Além disso, é possível combinar cargas automaticamente e realizar análises sísmicas segundo a norma NBC.

Normas da Austrália (AS)

O RFEM e o RSTAB permitem dimensionar estruturas de aço de acordo com a norma australiana AS 4100-1998. Além disso, podem ser realizadas análises sísmicas de acordo com a AS 1170.4‑2007.

Normas chinesas (GB, HK)

Além disso, as cargas podem ser combinadas automaticamente de acordo com a norma GB 50009 e as análises sísmicas podem ser realizadas de acordo com a GB 50011. Além disso, as cargas podem ser combinadas automaticamente de acordo com a norma GB 50009-2012 e as análises sísmicas podem ser realizadas de acordo com a GB 50011-2010.

Para estruturas de aço, também está disponível a Norma para estruturas de aço 2011 (Buildings Department – Hong Kong).

Normas indianas (IS)

No RFEM e no RSTAB, as cargas podem ser combinadas automaticamente de acordo com a norma indiana IS 800. Além disso, é possível o dimensionamento de estruturas de aço de acordo com a norma IS 800, bem como a análise sísmica de acordo com a IS 1893.

Normas russas (SP)

Para a Rússia, estão disponíveis no RFEM e no RSTAB as normas SP 63.13330 para o dimensionamento de estruturas de betão armado e a norma SP 16.13330 para o dimensionamento de estruturas de aço. Além disso, o RFEM/RSTAB e o RF-/STEEL SP estão certificados na Rússia.

Contacto

Contactar a Dlubal

Tem alguma questão sobre os nossos produtos ou necessita de ajuda para a escolha dos produtos para o seu trabalho? Nesse caso, entre em contacto com a nossa equipa de apoio técnico gratuita por e-mail, chat ou no fórum, ou então consulte as perguntas mais frequentes (FAQ).

+49 9673 9203 0

(falamos português)

[email protected]

Projetos de clientes

Projetos de clientes interessantes realizados com os programas de análise estrutural da Dlubal Software.

Newsletter

Receba regularmente informação sobre novidades, dicas úteis, eventos planeados, ofertas especiais e vales.