Perguntas mais frequentes (FAQs)

Procurar pergunta

Newsletter

Subscreva e receba as mais recentes novidades, dicas úteis, informação sobre eventos, ofertas especiais e vales pelo menos uma vez por mês.

  • Quais os recursos disponíveis para análises pushover?

    FAQ 002258 EN Add-on modules RF-DYNAM Addition II RF-DYNAM Pro - Equivalent Loads RFEM

    Resposta

    No RFEM é possível calcular curvas pushover (também chamadas curvas de capacidade). Os dados das curvas pushover podem ser exportados para o Excel. Os passos determinantes para a avaliação de curvas não-lineares estão listados abaixo:

    1. Definição compreensiva de articulações não-lineares
      1. Articulações plásticas de acordo com a FEMA 356: Trata-se de uma articulação não-linear (elástica-plástica ou rígida-plástica) com valores padrão para pontos de cedência no diagrama de articulação e critérios de aceitação para barras de aço (Capítulo 5 na FEMA 356). Os limites de cedência das barras dependem das secções e são definidos automaticamente. Para articulações de momentos, os parâmetros de diagrama e critérios de aceitação são interpolados para diferentes tipos de secções. É possível ajustar todos os valores de uma articulação 'FEMA' com valores definidos pelo utilizador. A Figura 1 mostra a caixa de diálogo de 'Articulação plástica'.

        Articulações plásticas de acordo com a EN 1998‑3: Trata-se de uma articulação não-linear com definição bilinear. As articulações bilineares incluem valores pré-definidos para os pontos de cedência no diagrama de articulação, critérios de aceitação e limites de cedência das secções. Estes valores podem também ser ajustados manualmente.

        As articulações plásticas são representadas com várias cores quando são visualizados resultados de vários incrementos de carga. As cores dependem do estado de plasticidade. Isto torna-se útil para a identificação excedentes em critérios de aceitação.

      2. Em vez de utilizar articulações, pode também ser aplicado um tipo de não-linearidade de barras 'Articulação plástica' no RFEM. Na respetiva caixa de diálogo, pode ser definido manualmente um comportamento plástico perfeito assim como os limites de cedência. A vantagem principal desta opção é, que a posição da articulação plástica é localizada automaticamente durante o cálculo iterativo. Para visualizar melhor, veja a Figura 2.

    2. Definição de padrão de corte para análise não-linear

      As cargas podem ser definidas manualmente num caso de carga, por exemplo, um padrão de carga uniforme.

      Para obter uma distribuição de cargas de acordo com a forma própria da sua estrutura, pode utilizar o módulo adicional RF‑DYNAM Pro - Equivalent Loads. Este módulo calcula valores próprios, formas próprias e cargas equivalentes com base numa análise de espectro de resposta. Para cada valor  próprio selecionado, o programa exporta automaticamente as cargas equivalentes para um caso de carga no RFEM.


    3. Incrementos de carga no RFEM

      Nos parâmetros de cálculo dos casos de carga pode ser definido um aumento de cargas por incrementos. Os resultados de cada nível de carga podem depois ser analisados. Na utilização de 'Articulações plásticas', a avaliação dos estados plásticos é facilitada através das marcações coloridas nas articulações. É importante escalar as cargas equivalentes exportadas do RF‑DYNAM Pro para evitar incrementos de carga em intervalos demasiado grandes. 

      A Figura 3 mostra um caso de carga exportado do RF‑DYNAM Pro e os parãmetros de cálculo recomendados.


    4. Diagramas de cálculo para a criação da curva pushover

      Estes diagramas estão disponíveis na caixa de diálogo 'Parâmetros de cálculo globais'. Aqui o utilizador pode definir a soma dos esforços de apoio no eixo vertical e a deformação e a deformação no plano da cobertura no eixo horizontal e assim obter a curva pushover desejada. Os dados podem facilmente ser exportados para o Excel. A curva pushover está representada na Figura 4.

      A Figura 5 mostra a representação colorida das articulações plásticas. A escala de cores pode mostrar os parâmetros do diagrama de articulação ou os critérios de aceitação.

      A continuação da análise pushover (determinação de espectro inelástico e ponto de desempenho) pode depois ser efetuada num programa externo (por exemplo o Excel).


  • Resposta

    The administration interface can be accessed via http://localhost:1947. No further installation i srequired because this service is available after the installation of the dongle driver.

    All Sentinel dongles are displayed in the option Sentinel Keys. By clicking on one of these dongles you get to the address of the server.

    Our licenses are displayed with the vendor number 48521. If you select the option Sessions here, you can see who is using which license.
  • Resposta

    The interface "Autodesk AutoCAD Structural Detailing" allows you to export the results of the RF‑CONCRETE Surfaces add-on module including the geometry directly to AutoCAD Structural Detailing. Since no RF‑CONCRETE Surfaces case has been created in your model, an error message appeared saying that no load case was found.

  • Resposta

    The internal forces to be considered in design can be found in the "1.6 Reinforcement" window, "Reinforcement Layout" tab. Here you can select the internal forces, which should not be taken into account for the respective reinforcement group. Please note that this setting is valid for all members of the reinforcement group. You should use this function carefully.

  • Resposta

    The beam is a rolled section with welded taper from sheets or an I-section. In order to use such a cross-section in RF-/FRAME-JOINT Pro, the web thickness of the welded component has to have at least the same value as the main cross-section web.

  • Resposta

    Please note, that the object snap must be activated when inserting new linear dimensioning. Furthermore, you can activate the corresponding objects for snapping in the "Work Plane and Grid/Snap" dialog box, "Object Snap" tab.
  • Resposta

    Open the program and click "Options" -> "Program Options" in the menu. You can change the language in the "Program" tab. Close the program and open it again to activate the selected language.

  • Resposta

    For relatively common structures, you can select various generators by clicking menu: "Tools" -> "Generate Model - Members (Surfaces)". If you cannot find the required template there, you can look in the block manager. It can be opened by clicking menu: "File" -> "Block Manager" and has a similar structure as the project manager. The corresponding catalogue includes numerous parametrized structures, for example for silos or towers. It is also possible to parametrize already modeled structures and save them as a block.

  • Resposta

    Your student license is connected to your computer. After the first activation on your computer, a "fingerprint" with information about your hardware components is sent to us. If you try to activate the same license on another computer, this error message appears. Changing specific hardware or formatting/partitioning your driver may also cause the loss of your license. In such a case, you have to previously transfer the license to another computer or back again. For the description of how it works, see this PDF document on page 2.

    Attachments
    2127-softwarelizenz.pdf (838 kB)
    software-licence.pdf (835 kB)
  • Resposta

    RFEM/RSTAB provides a load generator for snow and wind loads according to DIN, EN, and CTE, under "Tools" -> "Generate Loads". 

    For models that do not comply with the preset standard concept, you can create a load specification by using the regular loads (for example member loads from surface loads).

1 - 10 de 380

Contacto

Contacto da Dlubal

Encontrou a sua pergunta? Se não for o caso, entre em contacto connosco ou envie-nos a sua questão através do formulário online.

+49 9673 9203 0

(falamos português)

info@dlubal.com

Primeiros passos

first-steps

Aqui damos-lhe algumas dicas e informações úteis que o ajudam a familiarizar-se mais rapidamente com os programas principais RFEM e RSTAB.

O vosso apoio técnico é de longe o melhor

“Muito obrigado por toda a informação.

Gostaria de elogiar a equipa de apoio ao cliente. Fico sempre surpreendido com a rapidez e o profissionalismo com que as questões são respondidas. Na área da análise de estruturas, utilizo vários softwares inclusive com contratos de assistência, mas o vosso apoio técnico é de longe o melhor.”