Perguntas mais frequentes (FAQs)

Perguntas & respostas úteis

  • Perguntas mais frequentes (FAQs)

Procurar pergunta

Mostrar filtro Ocultar filtro





Apoio ao cliente 24/7

BASE DE DADOS DE CONHECIMENTO

Além do apoio técnico personalizado, oferecemos também um serviço 24h por dia na nossa página de internet, que inclui:

Newsletter

Receba regularmente informação sobre novidades, dicas úteis, eventos planeados, ofertas especiais e vales.

1 - 10 de 2661

Ordenar por:

Itens:

  • Resposta

    Se vir esta mensagem de erro, não é possível ligar ao nosso servidor de licenças para verificar a sua licença.

    Solicite ao seu departamento de TI que verifique a comunicação com o nosso servidor. É necessário habilitar o seguinte acesso nas políticas de firewall, bem como na rede:

    • Nome do servidor: lm.dlubal.com
    • IP do servidor: 89.187.130.211
    • Porta do servidor: 443

  • Resposta

    São necessárias, pelo menos, as seguintes configurações de computador para o RFEM 6 e o RSTAB 9:

    • Memória de trabalho (RAM): 4 GB
    • CPU do processador: x64
    • Armazenamento em massa gratuito: 10 GB
    • Resolução de ecrã e placa gráfica: Uma resolução de pelo menos 1920 x 1080 pixels deve ser usada para exibir corretamente todas as caixas de diálogo, janelas e diagramas de resultados.
    • Sistema operativo: Microsoft Windows 8.1 64 bits
    • Placa gráfica: Uma placa gráfica com a GPU da NVIDIA ou AMD com suporte para OpenGL 4.2 (geralmente qualquer GPU dedicada lançada após ~ 2011) Aconselhamos vivamente a não utilização de um GPU integrado, uma vez que frequentemente existem problemas devido aos controladores.

    O RFEM 6 e o RSTAB 9 não funcionam em Linux ou Mac OS.


    Para utilizar todas as capacidades do programa, é recomendada a seguinte configuração do computador:


    • Memória de trabalho (RAM): 64 GB
    • CPU do processador: Intel Core i9-9900K com 8 núcleos físicos ou superior.
      O número de núcleos tem um efeito positivo no tempo de cálculo e a potência de cada núcleo único apenas no funcionamento do programa e na preparação dos dados gráficos.
    • Utilização de Solid State Drive para reduzir os tempos de acesso e aumentar as taxas de transmissão de dados.
    • Placa gráfica: placa gráfica ATI ou NVIDIA moderna com suporte OpenGL (por exemplo, NVIDIA GeForce RTX 2070 ou superior).

    • Sistema operativo: Microsoft Windows 10 de 64 bits
    • A nova geração do programa foi concebida para o controlo de monitores 4k. Para uma experiência de utilizador ideal, é necessário atribuir a mesma escala para os dois monitores. Desta forma, o computador exibe o programa de forma clara e corretamente dimensionado em ambos os monitores. No caso de diferentes escalas, o programa não é apresentado de forma tão clara no monitor. Uma vez que o problema também ocorre nas caixas de diálogo normais do Windows, esperamos uma possível melhoria com o Windows 11.

  • Resposta

    Para realizar uma análise sísmica, é necessária uma análise modal e, em seguida, um caso de carga do tipo Análise de espectro de resposta.

    Após realizar a análise modal, crie um novo caso de carga. Aqui encontrará as configurações habituais da geração anterior do programa.


    No separador Espectro de resposta, pode definir o seu espectro de resposta como habitualmente. Se pretende utilizar um espectro de resposta de acordo com a norma, certifique -se de que a norma pretendida está selecionada nos dados gerais da norma II.



    No separador Seleção de modos, pode selecionar as formas próprias e filtrá -las, se necessário.


    Após o caso de carga ter sido calculado, obtém -se os resultados.



  • Resposta

    Para exibir as formas próprias da sua análise dinâmica, tem de criar um caso de carga do tipo de análise modal e aí especificar as suas configurações para a análise modal.


    Após o cálculo, pode avaliar os seus resultados no navegador Resultados. Na tabela, também é possível ver mais informações.


  • Resposta

    Para garantir que o RWIND aparece no assistente de carga do RFEM 6 ou RSTAB 9, é necessário ativar primeiro o add-on no separador Add-Ons em Dados gerais do modelo.


    Em seguida, pode introduzir os dados nas configurações de simulação de vento em "Casos e combinações de carga", bem como as configurações para o perfil de vento e para os casos de carga a serem gerados no assistente de carga.

  • Resposta

    Para tornar a biblioteca de materiais mais compacta e bem organizada, os materiais dos anexos nacionais individuais, conforme listados no RFEM 5 e no RSTAB 8, foram substituídos por um único material nos novos programas. Uma vez que os materiais são idênticos, com exceção de algumas exceções, o material de acordo com o CEN está agora previsto para o dimensionamento. Para isso, selecione a região "União Europeia" (ver Figura 01).

    Os materiais desta região podem ser utilizados nos respetivos complementos de dimensionamento, independentemente do anexo nacional especificado de uma norma de dimensionamento.

    Se houver desvios definidos no respetivo Anexo Nacional, estes são tidos em consideração na página de dimensionamento (ver Figura 02).

  • Resposta

    Uma licença de estudante gratuita pode ser facilmente solicitada através do nosso site. Para esse efeito, utilize esta ligação.

    Após a verificação dos seus dados, iremos enviar os dados de acesso para a sua conta pessoal da Extranet. Necessita apenas do seu endereço de e-mail e da palavra-passe inicial enviada por nós. No passo seguinte, inicie sessão na sua conta na Extranet e faça o download do RSTAB 9, RFEM 6 ou RSECTION.

    Após o download, recomendamos a alteração da palavra-passe na Extranet.

    Após a conclusão do download, clique duas vezes no ficheiro descarregado para iniciar a instalação e siga as instruções do assistente de instalação. Se a instalação tiver sido concluída com sucesso, encontrará o ícone correspondente ao programa no seu ambiente de trabalho.

    O software é iniciado clicando duas vezes no ícone do programa. De seguida, irá aparecer uma janela de login. No menu pendente superior aparece a indicação "Versão licenciada". Após introduzir os seus dados de login da Extranet e clicar em "Iniciar sessão", o software inicia como uma versão de estudante licenciada.


  • Resposta

    Em teoria, todos os núcleos podem ser utilizados para a solução paralela de várias análises ao mesmo tempo. No entanto, também depende da memória física livre, das dependências de análise etc.


    O cálculo do RFEM beneficiará sempre de um processador multi-core. No entanto, os núcleos adicionais nem sempre são necessariamente melhores.


    Quando o cálculo é distribuído sobre um grande número de núcleos, o tráfego de dados é aumentado e a ligação entre os núcleos encontra uma situação do tipo gargalo.


    Geralmente, os processadores da Intel são recomendados. Infelizmente, ainda não tivemos nenhuma experiência com os processadores Ryzen.


    Os processadores modernos têm uma gestão de temperatura sofisticada. A frequência do ciclo é ajustada dinamicamente, dependendo da temperatura do processador. O resfriamento do processador pode melhorar o desempenho. Portanto, recomendamos um gabinete de computador bem dimensionado e uma boa ventoinha para o processador.

  • Resposta

    Sim, isso é possível.

    No entanto, é necessário o programa RSECTION para isso. Os ficheiros SHAPE ‑ THIN existentes podem ser abertos no RSECTION. Se necessário, podem ser modificados, recalculados e guardados como uma secção RSECTION.

    Em seguida, a secção RSECTION está disponível para importação no RFEM 6 ou no RSTAB 9.

  • Resposta

    Com o RFEM 6 e o RSTAB 9 é fácil e eficiente criar modelos. Você pode criar rapidamente um novo arquivo e definir todas as configurações desejadas. Este ficheiro pode então ser guardado como modelo em "Ficheiro" → "Guardar como modelo".

    Desta forma, pode criar facilmente vários modelos padronizados. Uma grande vantagem da utilização de modelos é que não necessita de definir as configurações, tais como materiais utilizados com frequência, numeração gráfica ativada/desativada, configurações de idioma, etc., sempre que cria um novo modelo.

    Um bom modelo deve incluir os seguintes componentes:

    • Materiais utilizados com frequência
    • Secções frequentemente utilizadas
    • Definições de articulação únicas que são frequentemente utilizadas (articulações de barra e linha)
    • Uma lista de cargas utilizadas com frequência, incluindo peso próprio, carga própria, carga dinâmica, vento e neve
    • Um relatório de impressão com configurações personalizadas
    • Vistas padrão personalizadas do modelo: Isométrica 3D, vista de elevação na direção Y etc.

    Além disso, as seguintes configurações também são úteis:

    • Orientações de barra ATIVADO/DESATIVADO
    • Visualização do peso próprio ATIVADA/DESATIVADA
    • Numeração ATIVADA/DESATIVADA
    • Sistema de coordenadas global X, Y, Z (na origem) ON/OFF
    • Cores dos objetos representados por
    • Deformações de barras em cores

1 - 10 de 2661

Contacto

Contactar a Dlubal

Encontrou a sua pergunta? Se não for o caso, entre em contacto connosco por e-mail, chat ou no fórum de discussão, ou então envie-nos a sua questão através do formulário online.

+49 9673 9203 0

(falamos português)

info@dlubal.com

Primeiros passos

Primeiros passos

Oferecemos -lhe informação e dicas para o ajudar a começar a utilizar os programas básicos RFEM e RSTAB.

Simulação de vento e geração de cargas de vento

Com o programa autónomo RWIND Simulation, pode simular fluxos de vento em torno de estruturas simples ou complexas através de um túnel de vento digital.

As cargas de vento geradas que atuam nestes objetos podem ser importadas para o RFEM ou RSTAB.

O vosso apoio técnico é de longe o melhor

"Muito obrigado por toda a informação.

Gostaria de elogiar a equipa de apoio ao cliente. Fico sempre surpreendido com a rapidez e o profissionalismo com que as questões são respondidas. Na área da análise de estruturas, utilizo vários softwares inclusive com contratos de assistência, mas o vosso apoio técnico é de longe o melhor."