Perguntas mais frequentes (FAQs)

Procurar pergunta

Show Filter Hide Filter





Apoio ao cliente a toda hora

Base de dados de conhecimento

Para além do serviço de apoio técnico (p. ex. via chat), pode encontrar na nossa página de Internet material de apoio que pode ser útil para os seus trabalhos com o software Dlubal.

Newsletter

Receba regularmente informação sobre novidades, dicas úteis, eventos planeados, ofertas especiais e vales.

  • Resposta

    Abra a janela 1.4 Armadura e limpe a caixa de seleção "Tudo". Depois, selecione as superfícies numericamente ou nos gráficos utilizando o ícone de seta.
  • Resposta

    Se utilizar dois ou mais monitores, pode, por exemplo, deslocar o navegador de projetos, as tabelas, as janelas do módulo adicional ou o relatório de impressão para o outro ecrã. Desta forma, pode aumentar facilmente a área de trabalho do modelo.

    Na ligação abaixo, pode encontrar as instruções sobre como personalizar os elementos da interface do utilizador.

  • Resposta

    A mensagem de erro apresentada na Figura 01 surge quando não é definido o material para a secção.

    Figura 01 - Mensagem de erro

    Neste caso, é necessário atribuir o material à secção. Para selecionar um material da biblioteca de materiais, abra a biblioteca clicando no botão "Importar da biblioteca de materiais" e selecione o material pretendido (Figura 02).

    Figura 02 - Biblioteca de materiais

    O procedimento é demonstrado no vídeo.

  • Resposta

    As linhas auxiliares são sempre criadas no atual plano de trabalho. O plano de trabalho pode ser alinhado paralelamente a um dos seguintes planos globais: XY, YZ, XZ.
  • Resposta

    Vá para Sentinel Admin Control Center (http://localhost: 1947), menu "Configuration" -> "Access to Remote License Manager" -> aqui, verifique se selecionou "Allow Access to Remote Licenses" e "Broadcast Search for Remote Licenses". Tente ativar "Aggressive Search for Remote Licenses". Se isso também não ajudar, introduza o endereço IP do servidor diretamente em "Remote License Search Parameters".
  • Resposta

    No RSTAB e no RFEM, pode criar combinações automaticamente de acordo com diferentes normas. No caso de um cálculo puramente linear, a criação de combinações de resultados pode ser definida nos dados gerais do modelo. O vídeo anexo mostra a geração automática.
  • Resposta

    O RF-/ALUMINUM verifica a simetria das secções gerais e compara-as com a avaliação do SHAPE-THIN quando a caixa de seleção "Determinar simetria por módulo e comparar com a definição do SHAPE-THIN" se encontra ativada (Figura 01).

    Figura 01 - Caixa de diálogo Detalhes, caixa de seleção Simetria

    Se os dois métodos fornecerem resultados diferentes, aparece uma mensagem de erro (Figura 02).

    Figura 02 - Mensagem de erro

    Geralmente, existem pequenas imprecisões na secção do SHAPE‑THIN. Como tal, a secção Sec-1.du9 apresentada na Figura 03 não é absolutamente simétrica relativamente ao eixo Z. As coordenadas Z dos nós 1 e 4, bem como dos nós 55 e 60 não correspondem na segunda casa decimal.

    Figura 03 - Diferentes coordenadas Z da secção

    O SHAPE‑THIN classifica a secção como assimétrica, no entanto o RF-/ALUMINIUM classifica-a como monossimétrica relativamente ao eixo z, de modo que aparece a mensagem de erro apresentada na Figura 02.

    A secção do SHAPE‑THIN deve ser verificada quanto à simetria. Ao modelar no SHAPE‑THIN, o recomendável é apresentar apenas um lado da secção e criar a outra metade através de simetria. Isso também é demonstrado no vídeo.

  • Resposta

    O programa RWIND Simulation está protegido contra uma utilização não autorizada. Para testar todas as funcionalidades do programa antes da compra, o programa pode ser autorizado com uma licença de teste por um período limitado. Após este período de teste, o programa muda para um modo de demonstração limitado e desativa a função para ativar uma nova licença de teste. Mediante a indicação de uma razão justificativa, o programa pode ser autorizado novamente com uma licença de teste temporária através de uma ativação por e-mail.

    Para o fazer, proceda da seguinte forma:

    1. Execute o RWIND Simulation como administrador. Para fazer isso, clique com o botão do lado direito do rato no ícone RWIND Simulation e selecione "Executar como administrador".

      Figura 01 - Início do programa
    2. Confirme a verificação de autorização com a função "Ativar agora".

      Figura 02 - Verificação da autorização
      Isso abre a caixa de diálogo "Estado da autorização do RWIND Simulation 1.xx Demo".

    3. Na caixa de diálogo "Estado da autorização do RWIND Simulation 1.xx Demo", selecione a opção "Chave de software" na área Método de autorização e clique na função "Ativação por e-mail" na parte inferior.

      Figura 03 - Ativação por e-mail
      Isso abre a caixa de diálogo "Ativação por e-mail".

    4. Na caixa de diálogo "Ativação por e-mail", insira o número de licença 1111 e o nome e endereço da sua instituição nas informações da licença.
      Além disso, insira uma descrição definida pelo utilizador do local de trabalho a ser ativado em "Descrição da área de trabalho" e o nível de RWIND Simulation com uma data de expiração da ativação a ser executada em "Autorização necessária".
      Em seguida, confirme as suas entradas clicando na função "Gerar código de pedido".

      Figura 04 - Gerar códigos de pedido
      Isto abre a caixa de diálogo "RWIND Simulation 1.xx Demo".

    5. Verifique as entradas efetuadas na caixa de diálogo "RWIND Simulation 1.xx Demo". Se estiverem OK, confirme a caixa de diálogo com "OK".

      Figura 05 - Verificação das entradas
      Isso abre a caixa de diálogo "Ativação por e-mail".

    6. A caixa de diálogo "Ativação por e-mail" é composta por três partes. No separador "Passo 2", é apresentado à esquerda o código de pedido necessário. Copie este bloco de texto para a área de transferência do Windows com a função "Copiar código de pedido" e, em seguida, cole o código num e-mail em branco com [Ctrl]+[V] ou a função de colar do Windows. Para dar seguimento ao processo, envie este e-mail para support@dlubal.com indicando a razão para obter uma renovação do período de teste.

      Figura 06 - Enviar código de pedido
    7. Irá receber um código de ativação. Na caixa de diálogo, vá para o separador "Passo 3" e introduza este código no campo "Código de ativação".
      Em seguida, inicie o processo de ativação clicando na função "Ativar agora".

      Figura 07 - Ativação do programa

    Após a autorização bem-sucedida, receberá uma mensagem de confirmação e poderá testar o programa sem quaisquer restrições durante o período de teste especificado. Após o término do período de teste, o programa muda automaticamente para o modo de demonstração limitado.

  • Resposta

    Provavelmente, os ficheiros *.dll e *.tlb não foram atualizados corretamente no seu computador. Proceda da seguinte forma:

    1. Mude o nome das seguintes pastas em Dlubal.bak:

         C:\Program Files (x86)\Common Files\Dlubal

         C:\Program Files\Common Files\Dlubal


    2. Reinstale o RSTAB ou o RFEM

    3. Desloque os ficheiros das novas pastas Dlubal para as respetivas pastas Dlubal.bak (substituir tudo).

    Mude o nome da pasta Dlubal.bak para Dlubal.

  • Resposta

    Geralmente, um corte é um elemento, como uma barra, e também é criado da mesma forma. Primeiro, é necessária a interface para os objetos. Para uma barra, será IModelData e, para os cortes, será ISections. Esta interface pode ser encontrada em IModel3:

    Sub test_section()
    '   get interface from the opened model and lock the licence/program
        Dim iModel As RFEM5.IModel3
        Set iModel = GetObject(, "RFEM5.Model")
        iModel.GetApplication.LockLicense
        
    On Error GoTo E
        
        Dim iSecs As RFEM5.ISections
        Set iSecs = iModel.GetSections()

    Todas os cortes criados anteriormente são eliminados primeiro e depois são criados dois cortes novos. 
    O primeiro corte deve ser um corte de sólido com uma superfície de corte visível (ver Figura 01). Os dados são introduzidos da mesma forma como no RFEM. Como tipo, é selecionado "SectionOnSectionalArea", os cantos do corte são definidos através de "EdgePoint" e "Vector" define a direção do corte:

       '   first delete all sections
        iSecs.PrepareModification
        iSecs.DeleteObjects ("All")
        iSecs.FinishModification
        
        '   set section on solid
        Dim sec As RFEM5.Section
        sec.EdgePointA.X = 2
        sec.EdgePointA.Y = 5
        sec.EdgePointA.Z = 0
        sec.EdgePointB.X = 2
        sec.EdgePointB.Y = 8
        sec.EdgePointB.Z = 0
        
        sec.no = 1
        sec.Name = "solid section"
        sec.Plane = GlobalPlaneInPositiveX
        sec.ShowValuesInIsolines = False
        sec.Type = SectionOnSolidSectionLine
        sec.ObjectList = "1"
        
        iSecs.PrepareModification
        iSecs.SetSection sec
        iSecs.FinishModification

    Como já se sabe de outros elementos, o novo corte é finalmente transferido num bloco Prepare-/FinishModifikation. Como segundo corte, deve ser criado um corte de superfície (ver Figura 02). Para isso, é necessário utilizar o tipo "SectionViaSurfacePlane". Além da especificação do vetor da direção do corte, é necessário selecionar o plano de representação dos resultados para o corte de superfície. No exemplo a seguir, o plano xy é selecionado através da configuração de "GlobalPlaneInPositiveX".

    '   set section on surface
        sec.EdgePointA.X = 2
        sec.EdgePointA.Y = 0
        sec.EdgePointA.Z = 0
        sec.EdgePointB.X = 2
        sec.EdgePointB.Y = 3
        sec.EdgePointB.Z = 0
        
        sec.no = 2
        sec.Name = "surface section"
        sec.Plane = GlobalPlaneInPositiveX
        
        sec.ShowValuesInIsolines = True
        sec.Type = SectionViaSurfacePlane
        sec.ObjectList = "1"
        
        sec.Vector.X = 0
        sec.Vector.Y = 0
        sec.Vector.Z = 1
        
        iSecs.PrepareModification
        iSecs.SetSection sec
        iSecs.FinishModification

    Também é possível obter os resultados de um corte utilizando o método separado "GetResultsInSection" da interface "IResults2". A seguir, são obtidas as forças de corte do corte de superfície. A distribuição das forças internas é configurada através de "ContinuousDistributionWithinObjects" como "Contínuo nas superfícies":

     '   get results
        Dim iCalc As ICalculation2
        Set iCalc = iModel.GetCalculation
        
        Dim iRes As IResults2
        Set iRes = iCalc.GetResultsInFeNodes(LoadCaseType, 1)
        
        Dim secRes() As RFEM5.SectionResult
        secRes = iRes.GetResultsInSection(2, AtNo,
          ShearForceVy,ContinuousDistributionWithinObjects, False)

    Em Downloads, pode encontrar a macro do Excel e o ficheiro de teste para compreender o programa.

11 - 20 de 1987

Contacto

Contacto da Dlubal

Encontrou a sua pergunta? Se não for o caso, entre em contacto connosco por e-mail, chat ou no fórum de discussão, ou então envie-nos a sua questão através do formulário online.

+49 9673 9203 0

(falamos português)

info@dlubal.com

Primeiros passos

first-steps

Aqui damos-lhe algumas dicas e informações úteis que o ajudam a familiarizar-se mais rapidamente com os programas principais RFEM e RSTAB.

Simulação de vento e geração de cargas de vento

O programa autónomo RWIND Simulation permite simular fluxos de vento em estruturas simples ou complexas através de um túnel de vento digital.

As cargas de vento geradas que atuam sobre esses objetos podem ser importadas para o RFEM ou o RSTAB.

O vosso apoio técnico é de longe o melhor

"“Obrigado pela informação valiosa.

Gostaria de elogiar a equipa de apoio ao cliente. Fico sempre surpreendido com a rapidez e o profissionalismo com que as questões são respondidas. Utilizei muito software com um contrato de apoio no domínio da análise estrutural, mas o seu apoio é de longe o melhor. "