Perguntas mais frequentes (FAQs)

Procurar pergunta

Show Filter Hide Filter





Apoio ao cliente a toda hora

Base de dados de conhecimento

Para além do serviço de apoio técnico (p. ex. via chat), pode encontrar na nossa página de Internet material de apoio que pode ser útil para os seus trabalhos com o software Dlubal.

Newsletter

Receba regularmente informação sobre novidades, dicas úteis, eventos planeados, ofertas especiais e vales.

  • Resposta

    Tenha em atenção os seguintes pontos importantes:

    1. Inclua os links/referências mais recentes corretos, por exemplo, Dlubal.RFEM5.dll, no seguinte caminho:
      C: \ Windows \ Microsoft.NET \ assembly \ GAC_MSIL \ Dlubal.RFEM5 \
    2. No Visual Studio, as propriedades "Tipos de interoperabilidade incorporadas" e "Copiar local" têm de ser definidas como "Falsas" (ver figura).
  • Resposta

    O dimensionamento LVL é realizado com os módulos adicionais para dimensionamento de madeira.

    Os seguintes passos são necessários para o dimensionamento:

    • Selecione um material da categoria LVL (Figura 01) - se o fabricante desejado não estiver disponível na biblioteca de materiais, é possível criar um material definido pelo utilizador (ver FAQ 002656 ). Ao selecionar o material, define-se a tensão do material. No caso de LVL, as capacidades de carga para uma tensão da placa (Figura 02) são significativamente diferentes das de uma tensão da parede (Figura 03). Se estiver a realizar a verificação com o módulo adicional RF‑/TIMBER Pro, estará geralmente disponível a tensão da parede. No caso de tensão da placa, é frequentemente razoável utilizar o módulo adicional RF ‑ LAMINATE.
    • No módulo de dimensionamento do RF‑/TIMBER Pro, é utilizada a "Categoria de fator" na janela 1.2 (Figura 04) para LVL.
    • Para os parâmetros do Anexo Nacional, pode efetuar ajustes para o dimensionamento LVL em dois separadores "Outras configurações", se necessário. Por exemplo, este pode ser o caso do corte ou das especificações do fabricante para aumentar as resistências (Figura 05 e Figura 06 (BauBuche)).
    O material da secção LVL geralmente não é forte o suficiente para tensões no plano da placa. No entanto, para o dimensionamento de uma cobertura de chapa, pode utilizar o módulo adicional RF-LAMINATE. Mais informação sobre o RF ‑ LAMINATE pode ser encontrada aqui .
  • Resposta

    No caso de formação online, a comunicação entre o orador e o participante é efetuada em direto através da Internet. Durante a formação, cada participante pode fazer perguntas a qualquer momento através da opção de chat.

    Para isso, é necessário uma ligação à Internet fiável e rápida (por exemplo, DSL) e um auricular.

    O seu dongle e, assim, o acesso à sua licença só são necessários se pretender realizar a modelação no seu computador simultaneamente durante o treinamento online. Neste caso, recomenda-se trabalhar com dois monitores para que possa ver a interface do programa e o vídeo ao mesmo tempo.

    Se não for a formação básica, são necessários os conhecimentos básicos de utilização do RFEM ou do RSTAB.

  • Resposta

    Nos parâmetros de cálculo do RFEM ou do RSTAB existem as caixas de texto "Número de incrementos de carga para casos de carga/combinações de carga" no separador "Parâmetros de cálculo globais". Estas duas entradas controlam a aplicação incremental numérica das condições de contorno de carga definidas nos respetivos casos de carga e combinações de carga. O valor recíproco da entrada descreve uma fração da carga. O processo de resolução aplica sucessivamente as frações de carga definidas no modelo em incrementos de carga até ser atingida a carga completa. Nos respetivos incrementos de carga, o solucionador de equações tenta encontrar um equilíbrio dentro das iterações máximas permitidas e, assim, especificar valores iniciais adequados para o próximo incremento de carga.

    Figura 02 - Parâmetros de cálculo

    É possível imaginar que o processo de resolução recolhe a carga completa de um caso de carga ou de uma combinação de carga num "regador" e deita-o em partes no modelo de recolha de carga. Neste caso, o número de incrementos de carga está correlacionado com a velocidade da aplicação de carga. A velocidade não deve ser entendida como um parâmetro de tempo real, mas puramente numericamente.

    Figura 01 - Desenvolvimento da deformação dependente do incremento de carga

    A aplicação de carga incremental tem apenas um efeito no caso de sistemas estruturais não lineares. Geralmente, proporciona uma qualidade de resultado correspondentemente mais alta com o número crescente de incrementos de carga. O objetivo básico deste método é encontrar uma micro convergência nos respetivos incrementos de carga para especificar novos valores iniciais de alta qualidade para o próximo incremento de carga e, finalmente, obter uma macro convergência para todo o caso de carga.

    Figura 03 - Diagramas de cálculo

  • Resposta

    A interface COM permite ler ou criar um espectro de resposta definido pelo utilizador no RFEM e no RSTAB.

    Para a conversão, é necessário obter a interface para o módulo (IDynamModule) através da interface para o modelo RFEM (IModel). Esta interface é então utilizada para criar a caixa do módulo (IModuleCase). O IModuleCase inclui a função GetRSParams, que pode ser utilizada para ler os parâmetros para o espectro de resposta. Por outro lado, a função SetRSParams pode escrever novos dados. O seguinte código de exemplo esclarece isso:

    Dim iApp As RFEM5.Application
    Dim iMod As RFEM5.model
    Defina iApp = GetObject (, "RFEM5.Application")

    Dim rs_no As Inteiro
    rs_no = 1

    On Error GoTo e

    'Verifica a licença RS-COM e bloqueia a aplicação a ser utilizada pelo COM.
        iApp.LockLicense

    Definir iMod = iApp.GetActiveModel

    'obter interface de módulo
    Dim iDyn As IDynamModule
    Definir iDyn = iMod.GetModule ("DynamPro")

    'obter interface de caso de módulo
    Dim iDynCase As IModuleCase
    Definir iDynCase = iDyn.GetData
        
    'definir parâmetros do espectro de resposta
    Dim rspara As RSParams
    rspara = iDynCase.GetRSParams (rs_no)
        
    Dim rs_spec (0 to 10) As RSTableRow
        
    Dim Dim Como Inteiro
    index = 0
    rs_spec (índice) .s = 0,6
    rs_spec (índice) .T = 0
        
    index = 1
    rs_spec (índice) .s = 1,33
    rs_spec (índice) .T = 0,153
        
    índice = 2
    rs_spec (índice) .s = 1,33
    rs_spec (índice) .T = 0,4
        
    índice = 3
    rs_spec (índice) .s = 1,204
    rs_spec (índice) .T = 0,443
        
    índice = 4
    rs_spec (índice) .s = 1,07
    rs_spec (índice) .T = 0,5
        
    índice = 5
    rs_spec (índice) .s = 0,7
    rs_spec (índice) .T = 0,781
        
    índice = 6
    rs_spec (índice) .s = 0,508
    rs_spec (índice) .T = 1,051
        
    index = 7
    rs_spec (índice) .s = 0,367
    rs_spec (índice) .T = 1,453
        
    índice = 8
    rs_spec (índice) .s = 0,267
    rs_spec (índice) .T = 1,995
        
    index = 9
    rs_spec (índice) .s = 0,16
    rs_spec (índice) .T = 2,584
        
    índice = 10
    rs_spec (índice) .s = 0,16
    rs_spec (índice) .T = 5
        

    rspara.UserDefinedTable = rs_spec
    rspara.Comment = "teste rs"
    rspara.DefinitionType = ResponseSpectraType.UserDefinedRS
    rspara.description = "testar rs através de COM"
    rspara.Number = rs_no
        
    iDynCase.SetRSParams rs_no, rspara
        
    e: Se Err.Number <> 0 Então MsgBox Err.description,, Err.Source
        
    iMod.GetApplication.UnlockLicense
        Set iMod = Nothing
        Set iApp = Nothing

    O espectro de resposta foi criado de acordo com a EN 1998‑1: 2010 e tem 11 pontos. Primeiro, foi criada uma matriz do tipo RSTableRow com 11 elementos, preenchida com dados e depois guardada na propriedade UserDefinedTable. A transferência é realizada utilizando o comando SetRSParams.

  • Resposta

    Sim, pode mudar para "Definido pelo utilizador" na secção "Geral" do separador "Espectros de resposta". Em seguida, pode utilizar o botão "Importar do Microsoft Excel" para importar os parâmetros de um documento do Excel.

    Figura 01 - Importação de parâmetros do espectro de resposta definido pelo utilizador do Excel

    Importante:
    Para evitar problemas de compatibilidade, é útil primeiro exportar um espectro de resposta vazio do RF‑/DYNAM Pro, preenchê-lo no Excel e depois importá-lo novamente.

  • Resposta

    Pode encontrar a nossa oferta atual de formação online sempre atualizada na nossa página de Internet através do seguinte link:

    Selecione a sessão de formação relevante e clique no botão "Registo" na parte inferior. Aparece um formulário onde deve introduzir os seus dados pessoais, endereço de e-mail e dados da empresa. A página seguinte apresenta uma breve descrição geral ou a confirmação da sua inscrição, bem como a informação sobre o preço de formação que está sujeita a pagamento. No caso de a formação ser responsável pelos custos, pode prosseguir com o pagamento e utilizar o PayPal ou um dos seguintes cartões de crédito:

    • Visto
    • MasterCard
    • Descubra
    • American Express
    Verifique se o seu cartão de crédito está ativado para o valor relevante e se os detalhes foram introduzidos corretamente.

    Por vezes, não são aceites cartões de crédito. As razões para isso podem ser:

    • As configurações de rede têm restrições que impedem a utilização de sistemas de pagamento online. Neste caso, utilize outra rede, por exemplo, no seu telefone celular.
    • Os programas antivírus bloqueiam a utilização do sistema de pagamentos online.
    • O seu cartão de crédito não tem o volume de transações necessário.
    Se os problemas não puderem ser resolvidos, entre em contacto connosco.

    .
  • Resposta

    Como já mencionado nesta mensagem, as permissões correspondentes para eliminar os ficheiros estão em falta ou estão a ser utilizados.

    Para evitar esse problema, o serviço "Sentinel LDK License Manager" deve ser interrompido primeiro.

    Figura 02 - Interromper o serviço

    Em seguida, é necessário excluir os arquivos "hasplms.exe" e "hasplmv.exe" do diretório C: \ Windows \ System32.

    Nota 1: Em alguns computadores, os ficheiros não se encontram em C: \ Windows \ System32, mas em C: \ Program Files (x86) \ Common Files \ Aladdin Shared \ HASP \.

    Nota 2: Em alguns casos, pode acontecer que os ficheiros não possam ser eliminados. Neste caso, tem de mover os ficheiros para o ambiente de trabalho, por exemplo, e depois eliminá-los.

  • Resposta

    A entrada "Resultados detalhados" no navegador Resultados do RF-CONCRETE Members ou CONCRETE só é apresentada se "a" determinado tipo de resultado tiver sido selecionado (por exemplo, As, req, acima ).

    Ao exibir vários resultados (por exemplo, As, req, superior e As, req, inferior ), a entrada "Resultados detalhados" não está mais disponível.

    Os resultados detalhados referem-se especificamente a um cálculo (por exemplo, As, T ) e não podem ser gerados para vários tipos de resultados ao mesmo tempo.

  • Resposta

    Sim, pode criar rapidamente superfícies, grelhas ou grelhas de vigas extrudindo linhas e barras. No entanto, se pretender gerar uma grelha irregular com especificações alargadas, é recomendada a caixa de diálogo Gerar grelha .

    No nosso caso, gostaríamos de criar uma grelha regular utilizando a função Extrudir barra para grelha .

    Figura 01 - Funções para extrudir linhas e barras

    Na caixa de diálogo Extrudir barra em grelha , é possível especificar várias configurações.

    Figura 02 - Diálogo "Extrudir barra em grelha"

    Como resultado, obtemos a grelha desejada e podemos continuar a modelar.

    Figura 03 - Grade gerada

1 - 10 de 1125

Contacto

Encontrou a sua pergunta? Se não for o caso, entre em contacto connosco por e-mail, chat ou no fórum de discussão, ou então envie-nos a sua questão através do formulário online.

+49 9673 9203 0

(falamos português)

info@dlubal.com

Primeiros passos

first-steps

Aqui damos-lhe algumas dicas e informações úteis que o ajudam a familiarizar-se mais rapidamente com os programas principais RFEM e RSTAB.

Simulação de vento e geração de cargas de vento

O programa autónomo RWIND Simulation permite simular fluxos de vento em estruturas simples ou complexas através de um túnel de vento digital.

As cargas de vento geradas que atuam sobre esses objetos podem ser importadas para o RFEM ou o RSTAB.

O vosso apoio técnico é de longe o melhor

"Muito obrigado por toda a informação.

Gostaria de elogiar a equipa de apoio ao cliente. Fico sempre surpreendido com a rapidez e o profissionalismo com que as questões são respondidas. Na área da análise de estruturas, utilizo vários softwares inclusive com contratos de assistência, mas o vosso apoio técnico é de longe o melhor."